Com o sucesso inegável de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, que agora chega ao primeiro lugar em bilheteria do ano e se aproxima dos US$1 bilhão de arrecadação, a discussão retorna: filmes da Marvel devem ser considerados pelo Oscar?

O tópico veio à tona há alguns meses, quando o diretor Martin Scorsese demonstrou seu descontentamento com filmes de herói terem o status de arte. Tom Holland, o Peter Parker em pessoa, discorda do diretor e defende que os filmes da Marvel devem ser levados em consideração, em entrevista ao The Hollywood Reporter.

publicidade

“Você pode perguntar ao [Martin] Scorsese ‘Você gostaria de fazer um filme da Marvel?’, mas ele não sabe como é porque ele nunca fez um”, discute o ator. “Eu fiz filmes da Marvel e eu também fiz filmes que já estiveram me conversas no mundo do Oscar, e a única diferença, de verdade, é que um é muito mais caro que o outro. Mas o jeito que eu disseco o personagem, o jeito como o diretor seleciona o arco da história e os personagens – é tudo a mesma coisa, só feita numa escala diferente. Então eu acho sim que eles são arte de verdade.”

Leia mais!

Ele ainda continuou: “Quando você está fazendo esses filmes, você sabe o bom ou o mau, milhões de pessoas vão ver eles, enquanto quando você faz um pequeno filme independente, se não for muito bom ninguém vai assistir, então a pressão vem em níveis diferentes. Quer dizer, você também pode perguntar a Benedict Cumberbatch, ou Robert Downey Jr. ou Scarlett Johansson – pessoas que já fizeram os tipos de filmes que são ‘dignos de Oscar’ e também fizeram filmes de super-heróis – e eles vão te dizer que eles são a mesma coisa, só que numa escala diferente. E existe menos elastano em ‘filmes de Oscar'”, brincou o ator.

O único filme de herói baseado nos quadrinhos indicado ao Oscar de Melhor Filme foi “Pantera Negra“, com outra grandes produções aclamadas, como “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, ficando de fora da festa.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!