A família de smartphones Galaxy S22 deve ser anunciada já no começo do mês que vem, mas um vazamento certamente vai deixar algumas pessoas menos animadas: o Galaxy S22 Ultra pode ter menos RAM que seu antecessor. O rumor aponta para o aparelho mais potente da empresa para este semestre com até 12 GB, contra 16 GB do S21 Ultra.

Ter mais RAM é sempre uma matemática positiva para qualquer dispositivo. O máximo que você consegue em um smartphone Samsung disponível no mercado é 16 GB para memória volátil no Galaxy S21 Ultra, quantidade certamente maior que a presente em um número considerável de computadores ao redor do mundo.

publicidade

Leia também:

Se você está esperando a mesma quantidade para o Galaxy S22 Ultra, pode ficar decepcionado com o lançamento de fevereiro. De acordo com Roland Quandt, o mesmo responsável por vazar os preços esperados para os aparelhos, usuários terão no máximo 12 GB para o celular mais caro deste semestre.

Galaxy S22 Ultra pode ter entre 8 GB e 12 GB de RAM

Para praticamente qualquer pessoa, 12 GB de RAM é mais do que o suficiente para rodar literalmente todos os jogos e aplicativos mais pesados para Android. O problema é que o Galaxy S21 Ultra foi lançado no ano passado com até 16 GB, um fôlego extra certamente importante para o smartphone continuar com desempenho exageradamente forte por mais anos.

Passando para além do topo do Galaxy S22 Ultra, o mesmo rumor aponta o modelo base deste celular com 8 GB, contra 12 GB existente no Galaxy S21 Ultra.

Não está claro se esta quantidade de RAM menor para o Galaxy S22 Ultra pode ser um trabalho da Samsung para todo o planeta, ou se a quantia deve ser focada em alguns mercados. Uma possível utilidade de menos memória volátil pode estar nos preços elevados para chips, problema ainda presente em praticamente toda a indústria de eletrônicos.

Via: Android Police.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!