Na próxima quinta-feira (27), a agência espacial norte-americana (NASA) vai celebrar os astronautas mortos durante missões espaciais, prestando homenagens aos tripulantes de operações como Apollo 1 e os ônibus espaciais Challenger e Columbia. A data ainda marca 55 anos da ocorrência da tragédia da Apollo 1, que viu a morte dos três tripulantes antes mesmo de seu lançamento.

A ocasião contará com a presença e com discurso de Bill Nelson, administrador chefe da NASA, que vai liderar o evento, iniciando-o ao colocar uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido (Tomb of the Unknown Soldier), no Cemitério Nacional de Arlington, na Virgínia, EUA.

publicidade

Leia também

O Cemitério de Arlington, nos EUA, será novamente palco de homenagem prestada pela NASA a astronautas mortos durante missões espaciais
O Cemitério de Arlington, nos EUA, será novamente palco de homenagem prestada pela NASA a astronautas mortos durante missões espaciais (Imagem: NASA/Bill Ingalls/Divulgação)

“O ‘Dia da Lembrança’ é uma oportunidade de honrar os membros da NASA que deram suas vidas em nome do nosso compartilhado esforço no avanço da exploração e descoberta do espaço pelo bem de toda a humanidade”, disse Nelson, em comunicado publicado na página oficial da agência. 

“Ano após ano” — ele continuou — “nós temos essa oportunidade de exaltar os legados daqueles que perderam a vida na busca pelo próximo grande salto, indo de encontro a cada desafio. Diante disso, também nunca devemos nos esquecer das lições aprendidas com cada tragédia, abraçando nossos valores essenciais de segurança”.

Junto de Nelson, também participarão da ocasião a administradora adjunta da NASA, Pam Melroy; e o administrador associado Bob Cabana. Todos vão moderar um painel de discussão com funcionários da agência sobre segurança dessa linha de trabalho — de equipes de controle a astronautas —, bem como as lições tiradas de todas as tragédias.

O Dia da Lembrança contará também com transmissão online, a fim de contemplar outros funcionários que participarão por videoconferência. Todo o evento será exibido pelo site oficial da NASA, o canal oficial da agência no YouTube e também pelo aplicativo oficial. A ocasião, no entanto, será restrita a funcionários e membros da imprensa, como segurança contra a pandemia da Covid-19.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!