Pela primeira vez na história do Facebook a rede social viu o seu número de usuários ativos diários cair. O relatório divulgado nesta quarta-feira (2) referente ao último trimestre mostra que a plataforma perdeu cerca de 500 mil contas ativas ao redor do mundo. Com a publicação dos dados, as ações da Meta, empresa recém criada para comandar o conglomerado, despencaram. 

De acordo com os dados, hoje a rede social conta com 1,929 bilhão de usuários ativos diários, contra 1,930 bilhão do trimestre anterior. Apesar de parecer uma diferença pequena, é a primeira vez que a rede social sofre uma queda de usuários diários desde seu lançamento oficial, no ano de 2004.

publicidade
Logotipo da Meta exibido em um smartphone e, ao fundo, o logotipo do Facebook
Crédito editorial: rafapress / Shutterstock

Usuários do Facebook

Mesmo com a queda no número de usuários ativos diários, os usuários mensais do Facebook ficaram no mesmo patamar, com 2,91 bilhões ao redor do mundo, sem queda nem crescimento.

Leia mais:

Com isso, a Meta anunciou que a receita da empresa no primeiro trimestre de 2022 deve ficar abaixo das expectativas anteriores. A previsão atual é que o faturamento de janeiro a março seja algo entre US$ 27 bilhões a US$ 29 bilhões. Anteriormente o número de US$ 30,15 bilhões era esperado. 

Na bolsa de Nova York, as ações da Meta desabaram mais de 20% durante o after-market nesta quarta-feira (2), após a divulgação do relatório da empresa.

No último ano o Facebook, que controla o Instagram e o WhatsApp, viu o seu domínio no mercado de redes sociais ser ameaçado pelo crescimento exponencial do TikTok, plataforma chinesa que vem batendo recordes de usuários.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!