Noites de sono mais longas estão associadas a uma maior facilidade de perder peso. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Medicina de Chicago, obesos que conseguiram dormir por mais tempo puderam emagrecer de forma mais rápida reduzindo o consumo de calorias.

O foco do estudo publicado no JAMA Internal Medicine era entender os fatores por trás da obesidade. O ensaio clínico randomizado contou com a participação de 80 pessoas, os resultados mostram que jovens com excesso de peso que habitualmente dormiam menos de 6,5 horas por noite foram capazes de aumentar sua duração do sono em uma média de 1,2 horas por noite com ajuda dos médicos que indicaram terapias para dormir mais. 

publicidade

Com isso, esse público passou em média a dormir 1,2 horas a mais. O aumento da duração do sono em comparação com os controles de calorias também reduziu a ingestão calórica geral dos participantes em uma média de 270 calorias por dia.

Dormir pode ajudar a emagrecer

“A maioria dos outros estudos sobre esse tópico em laboratórios são de curta duração, por alguns dias, e a ingestão de alimentos é medida pela quantidade que os participantes consomem de uma dieta oferecida. Em nosso estudo, apenas manipulamos o sono e os participantes comeram o que quisessem, sem registro de alimentos ou qualquer outra coisa para rastrear sua nutrição por conta própria“,disse Esra Tasali, chefe do estudo.

Ao invés de colocar os participantes para dormir em um laboratório, por um intervalo de tempo reduzido, o grupo foi monitorado em sua própria cama, com equipamentos de medição de sono, o que permitiu que o estudo pudesse refletir a realidade de forma mais precisa. 

Leia mais:

Para obter resultados ainda mais próprios, os pesquisadores rastrearam a ingestão calórica dos participantes, os pesquisadores com um método da “água duplamente rotulada”. Este teste baseado em urina envolve uma pessoa bebendo água na qual os átomos de hidrogênio e oxigênio foram substituídos por isótopos estáveis ​​menos comuns, mas que ocorrem naturalmente, que são fáceis de rastrear.

A conclusão geral é de que indivíduos que dormiram por mais tempo foram capazes de reduzir sua ingestão calórica e emagrecer uma média de 270 calorias por dia. Se os efeitos fossem mantidos a longo prazo, esse grupo poderia perder 12 quilos ao longo de três anos.

“Este não foi um estudo sobre emagrecer e dormir”, disse Tasali. “Mas mesmo em apenas duas semanas, quantificamos evidências mostrando uma diminuição na ingestão calórica e um balanço energético negativo – a ingestão calórica é menor do que as calorias queimadas. Se hábitos saudáveis ​​de sono forem mantidos por mais tempo, isso levaria a uma perda de peso clinicamente importante ao longo do tempo”, finalizou.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!