Um mundo de possibilidades. Assim é o universo da internet do ponto de vista de geração de renda, fazendo com que inúmeros trabalhos tradicionais percam cada vez mais espaço na sociedade. Atualmente, é possível viver única e exclusivamente de funções que necessitam apenas de um computador ou smartphone plugados em uma rede WiFi. De marketing digital a delivery, passando por aplicativos de caronas e vendas em marketplaces, o que não faltam são oportunidades para aumentar a renda. 

Na onda das redes sociais

E foi exatamente na onda das redes sociais que a jornalista Stephanie Dalla percebeu um excelente nicho de mercado. Ela se uniu a um designer e fundou, em 2017, a agência PS Ponto, com a certeza de que a internet teria um boom. Em menos de cinco anos, os sócios já atendem mais de 50 clientes e, hoje, empregam cinco colaboradores diretos, com um projeto de lançarem um curso para ensinar outras pessoas a criarem agências de sucesso.  

“Eu acredito que o sucesso da nossa agência se deu não só porque tivemos o ‘feeling’ de buscar as atualizações necessárias, mas porque buscamos um diferencial: o atendimento ao cliente. Não só oferecemos todas as estratégias online e offline relacionadas a comunicação e marketing, como buscamos entender profundamente quais os hábitos do público alvo dos nossos clientes, o propósito e tom de voz da empresa atendida, e transmitimos isso, principalmente para o meio online”, diz Stephanie. 

Apesar de terem enfrentado algumas dificuldades no início da pandemia, hoje o negócio está em plena expansão, reflexo da necessidade das empresas de manterem uma presença no mundo digital. Diante desse cenário, há muitas profissões que estão em alta, como desenvolvedores front-end, back-end, cientistas da computação, redatores, designers, criadores de aplicativos, sem falar no vasto mercado do e-commerce, que cresce a cada dia no Brasil. 

publicidade
equipe ps ponto
Após cinco anos de atuação, agência do interior de São Paulo já conquistou mais de 50 clientes e projeta novos negócios na web. Imagem: Divulgação / PS Ponto

“Muitas atividades que até hoje eram físicas ou presenciais, agora, muito mais do que nunca, podem ser conduzidas online. Por exemplo, você pode montar uma loja online de roupas, bijuterias, alimentação, e muito mais. O mercado digital tomou conta das oportunidades de negócios. Em 2021, tiveram mais compras online do que todas as compras feitas em shopping centers no Brasil todo”, analisa Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil.  

Segundo ele, há algumas tendências para este ano que já estão sendo verificadas no universo online, ou seja, vale a pena você embarcar em uma delas de olho em aumentar a renda. 

“Conteúdo é, e sempre será o “rei” no mundo digital. Novas formas de comunicação, como vídeos, continuarão crescendo cada vez mais. Mas hoje vídeos mais curtos se tornaram mais populares. Data Analytics vem sendo e continuará sendo muito usado para analisar o mercado, segmentar as oportunidades, entender os resultados, avaliar métricas de performance digital e assim medir a atuação. Ações de otimização de buscas online e mídias pagas continuarão sendo um foco de importância nos investimentos das empresas. Metaverso, como priorizado pelo Facebook,  pode começar a se tornar popular no mundo avançado do digital”, menciona Cunha. 

caio cunha
Caio Cunha destaca que o grande valor do digital é que tudo pode ser aprendido, abrindo um leque de oportunidades. Imagem: Arquivo Pessoal

Capacitação é fundamental 

Para se sair bem nas atividades remuneradas proporcionadas pela internet, a principal dica é a constante busca pelo aperfeiçoamento profissional. Muita gente consegue obter sucesso em empreendimentos graças ao conhecimento do que se faz. 

Caso você ainda não tenha uma formação nesse sentido, vale a pena realizar treinamentos em inúmeras plataformas online. Há cursos gratuitos com foco nas profissões que envolvem tanto conteúdo quanto tecnologia, sendo um diferencial para se destacar em um processo seletivo ou na criação do próprio negócio como microempreendedor individual (MEI) 

“Aqueles que gostam de navegar nas mídias sociais, pesquisar na internet e aprender coisas novas, com certeza terão aptidão para trabalharem nesse mundo digital. Há muitas oportunidades de trabalho que abraçam as características de vendas, marketing, tecnologia no online. E tudo combinado. Então se alguém gosta de aprender e conhecer inovações, terá interesse e será bem sucedido no online”, destaca Caio Cunha. 

Leia mais:

Faça testes antes de embarcar em um negócio 

Mesmo com inúmeras oportunidades para geração de renda no online, é preciso testar as atividades antes de embarcar em uma escolha definitiva. A consultora de negócios do Sebrae, Juliana Segallio, afirma que a internet não é um ambiente para amadores e necessita de estudos na implantação de qualquer empreendimento e, claro, do perfil do público que se pretende atingir.      

“Antes de mais nada, entenda a essência do digital: buscadores, redes sociais e rede de destino (e-commerce/marketplaces por exemplo). Nós todos somos consumidores e buscamos e nos comportamos com objetivos diferentes em cada plataforma, portanto ao empresário é essencial compreender especificamente os hábitos do perfil do público da empresa”, diz. 

Tendências de consumo em 2022

De acordo com ela, há algumas tendências de consumo que estão em alta neste ano, tais como bem-estar, produtos saudáveis, personalização para as gerações, eco friendly, segurança sanitária, segurança de dados e novas formas de socialização. Mas atenção: o sucesso é fruto de muito planejamento e dedicação extrema. 

Juliana Segallio
Analista de negócios do Sebrae diz que planejamento é fundamental antes de empreender na web. Imagem: Arquivo Pessoal

“Estudar as plataformas e estimar os custos reais envolvidos nas escolhas dos canais são atitudes inegociáveis. Internet não é território gratuito. Quase nenhuma estratégia de vendas é”, afirma Segallio. 

Orientações que foram seguidas à risca pelos sócios da agência PS Ponto, hoje empresários bem-sucedidos e que encontraram no digital um excelente meio para transformarem sonhos em realidade. 

“As dicas que dou para quem quer gerar renda com a web é procurar se atualizar sempre, pois as plataformas inovam a cada minuto. Além disso, é necessário ter constância, sem acreditar em dinheiro fácil ou “milagres digitais””, revela Dalla. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!