A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou a 10ª edição do Relatório Mundial da Felicidade através da Sustainable Development Solutions Network, que tem como base os dados para avaliar como as pessoas enxergam suas vidas em mais de 150 países. Pelo quinto ano consecutivo, a Finlândia é o país mais feliz do mundo, enquanto o Brasil ocupa a 38ª posição no ranking.

No ano passado, a pesquisa atingiu mais de 9 milhões de pessoas e, com isso, analisa a felicidade em todo o mundo, dando foco para os fatores que tendem a envolver o sentimento. Na edição deste ano, observou-se um aumento global da benevolência, reflexo de dois anos de pandemia.

publicidade

Leia mais:

Por exemplo, doar para caridade, ajudar um estranho e voluntariado foram ações em alta em 2021. De acordo com o relatório, a média global desses três comportamentos aumentou cerca de 25% em 2021, se comparados com os níveis pré-pandemia da Covid-19.

Mas o que faz da Finlândia um país tão feliz? A pesquisa atribui aos seguintes fatores: uma expectativa de vida saudável, PIB per capita elevado, apoio social em tempos de dificuldade, baixa corrupção, alta confiança social e generosidade. Além disso, o país é reconhecido pela vivência em comunidade, isso porque as pessoas cuidam umas das outras.

Além Finlândia, veja o top 10 dos países mais felizes:

  1. Finlândia;
  2. Dinamarca;
  3. Islândia;
  4. Suíça;
  5. Holanda;
  6. Luxemburgo;
  7. Suécia;
  8. Noruega;
  9. Israel;
  10. Nova Zelândia.

Fonte: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!