Uma nova moto elétrica está para ser lançada no Brasil: a W125, da startup brasileira Watts Mobilidade. Como o nome já indica, é um modelo elétrico em duas rodas competente “a nível de uma 125”, dotado de um motor de 3.000 W.

A moto está prevista para meados de junho / julho, segundo a empresa (adquirida pela Multilaser no mês passado) informou ao Olhar Digital, em pré-venda nos revendedores exclusivos da marca. Os valores partem dos R$ 19.990 (para as unidades equipadas com uma bateria), chegando a R$ 24.990 (para as opções com duas baterias).

publicidade

Leia também:

Uma nova moto elétrica nas ruas brasileiras

Três motos elétricas lado a lado
Imagem: Divulgação/Watts Mobilidade Elétrica

A W125 traz uma característica urbana, e sua motorização deverá atuar em um mercado nacional ao lado de modelos como a Volts EVS, a Super Soco TC e a Shineray SHE S. Dentre suas características, temos uma velocidade máxima de 95 km/h, com autonomia de até 150 km (quando equipada com duas baterias) – “considerando a potência média (70km/h), podendo sofrer alterações para mais ou menos dependendo da forma de condução e percurso”, informa a Watts.

Modelo da moto da Watts de lado
Imagem: Divulgação/Watts Mobilidade Elétrica

Para completar a carga da bateria, são necessárias até cinco horas. Porém, o piloto precisa somente de uma hora para atingir 80% do total (isso com carregador convencional, pois haverá carregador rápido opcional, permitindo carregamento completo em até 3 horas).

Outras características da moto elétrica W125 são freio a disco e sistema do tipo combinado (reparte a força de frenagem entre os eixos traseiro e dianteiro), modos diferentes de pilotagem, carregador USB, painel LCD e farol de LED. Seu peso é de 71 kg (sem contar as baterias) e sua capacidade de carga é de 160 kg. Suas dimensões são de 1.926 mm de comprimento, 710 mm de largura e 1.100 mm de altura.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!