A startup Cavnue está desenvolvendo um corredor conectado inédito para carros autônomos em Michigan (lar de 75% do investimento em P&D automotivo dos EUA) e acaba de levantar um investimento milionário liderado pela Ford. A montadora participou dos US$ 130 milhões (algo acima dos R$ 642 milhões) obtidos pelo projeto a ser desenvolvido ao longo de um trecho de 40 km da rodovia interestadual americana I-94.

Mais precisamente, o corredor estará dedicado a veículos autônomos conectados (CAVs) trafegando entre as cidades de Detroit e Ann Arbor. Futuramente, a ideia é aumentar ainda mais o projeto, inclusive com a expectativa de expansão para todos os Estados Unidos.

Vídeo relacionado

Leia também:

Corredor para carros autônomos terá tráfego mais eficiente

O trecho terá como base tecnologias como a comunicação de veículo para infraestrutura, atuando de forma a auxiliar na orientação de carros e caminhões em áreas movimentadas e no tráfego mais eficiente. “Vamos provar ao mundo que podemos criar um ambiente operacional para veículos avançados que é mais seguro e eficiente do que apenas uma rodovia normal”, disse Tyler Duvall, CEO da Cavnue.

publicidade

Com a Ford sendo um de seus principais patrocinadores, a startup vai usar veículos Ford e os próprios sistemas de direção autônoma da montadora para desenvolver e demonstrar o corredor conectado. A equipe técnica da Ford ajudará a Cavnue a entender os requisitos de fabricante de equipamento original (OEM) e a acelerar o desenvolvimento da infraestrutura digital necessária para a comunicação com os CAVs, incluindo a definição de mensagens, requisitos de detecção e protocolos.

Por ora, Duvall ainda está em diálogo com os legisladores americanos (para detalhes e permissões legais sobre o corredor na rodovia). O executivo espera que essas questões estejam resolvidas até 2024 ou 2025, antes de realmente iniciar um programa piloto.

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!