É muito simples adquirir produtos e serviços pela internet. Mas, quem nunca desistiu de consumir algo simplesmente pela dificuldade imposta pelos comerciantes e prestadores por trás daquele bem? Por isso, ao pensar em empreender, é preciso manter em mente tudo que pode facilitar a vida do cliente.

Algumas dessas coisas são o atendimento rápido, personalizado e assertivo. É nisso que pensa a empreendedora Fernanda Valente, responsável pela loja de óculos de sol Usa Brise, com sede no Recife, capital pernambucana, e entregas para todo o Brasil. E, no caso dela, há ainda o diferencial do produto oferecido.

publicidade

Leia mais:

“Óculos é algo muito pessoal, então pede que você mostre como fica no rosto, exponha na mão para pessoa ver o tamanho, apresente soluções caso ela não goste de um primeiro modelo. Como cliente, eu adoro essas funcionalidades e quis trazer isso para o nosso atendimento”, avaliou a empreendedora.

Esse pensamento de Fernanda vai ao encontro do que especialistas sugerem aos novos pequenos empresários. Luiz D’Elboux, Country Manager da GoDaddy Brasil, explica que o cliente nada mais quer do que algo que já encontra quando entra em uma loja física: ver produtos.

“No entanto, como não é um canal ‘assistido’, é necessário facilitar a escolha adicionando elementos como: avaliações de outros clientes, sinalizar quais os mais vendidos e mostrar casos ou situações de usos para diferentes produtos e/ou serviços”, disse D’Elboux.

O preço também é extremamente importante. Ele precisa ficar claro para o cliente. Quem diz isso é o Código de Defesa do Consumidor. Assim como o custo dos produtos devem ficar claros em vitrines, isso vale também para mostruários em sites. Se vai replicar o anúncio em rede social, nada de “preço inbox”.

A Usa Brise destaca no site o preço dos produtos. Imagem: Divulgação/@usabrise

Para Fernanda Valente, enquanto empreededora, dar essa noção ao cliente mesmo é ainda maior do que apenas a conformidade com a lei. Afinal, oferecer preços competitivos atrai ainda mais consumidores.

“Se o meu produto custa X, ele precisa demonstrar ali naquele momento que ele vale X. Essa coisa do preço por direct criou uma cultura de desestimulação nos compradores, pois muitas vezes perdem a vontade até mesmo de iniciar a jornada de compra por esse fator de não ter o preço claro ali”, comentou a microempresária.

O criador de sites da GoDaddy oferece bastante ajuda para que empreendedores estejam em conformidade com a lei na exibição de preços. E há muito mais ainda para sempre facilitar a vida do consumidor.

“Um site feito com a GoDaddy permite que o cliente agende sessões ou consultas, compre produtos, se cadastre para receber informações, leia artigos de blog para saber de mais novidades, veja as últimas postagens realizadas nas redes sociais”, destacou o Country Manager da GoDaddy Brasil.

Como a maioria dos clientes agora usa o celular para consumir, os sites criados com a ferramenta se adaptam bem à versão mobile. Além de carregar rápido, dando a melhor experiência ao cliente e atraindo boas vendas para o empreendedor.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!