O capital necessário para fechar a compra do Twitter por US$ 44 bilhões pode chegar antes do esperado. Tudo dependerá do resultado de um julgamento contra Elon Musk que ocorre em outubro.

O caso começou quando um dos investidores da Tesla decidiu mover uma ação contra o CEO da montadora pedindo explicações sobre um pacote financeiro multibilionário.

Segundo o advogado do acionista, a quantia é um “desperdício de dinheiro”, sem contar que Musk pode usar a compra da rede social como justificativa de obter a quantia com o aval da justiça americana.

Entenda o caso

O processo foi movido pelo acionista Richard Tornetta e busca cancelar o plano, incluindo as opções de receber o dinheiro em ações da Tesla.

publicidade

A ação diz ainda que os acionistas deveriam ter sido informados pela administração da empresa antes da votação que aprovou o pacote de US$ 56 bilhões, o que foi descrito como “omissão enganosa”.

O texto também alega que o conselho de executivos da Tesla deu sinal verde para a compensação financeira em 2018, deixando de fora uma regra crucial: exigir que Musk se dedicasse exclusivamente à empresa. 

“Veja a maioria dos contratos de CEO. A primeira linha diz ‘você será um CEO em tempo integral e dedicará tempo integral aos negócios e assuntos da empresa.’ Isso é padrão”, explicou Greg Varallo, um dos advogados que está cuidando do caso.

twitter elon musk compra
O capital necessário para comprar o Twitter pode chegar antes do esperado. Imagem: Sergei Elagin/Shutterstock

Por ora, o que se sabe é que em documentos judiciais, Musk declarou que o plano foi elaborado por diretores e aprovado pelos acionistas da Tesla em votação — vale ressaltar que as ações da companhia já caíram mais de 20% desde o dia 4 de abril, data em que Elon Musk anunciou a compra de 9% do Twitter.

O pacote de 2018 concede até então a opção de Musk receber a quantia em ações. Vale destacar ainda que se os papéis sobem, o valor do plano também aumenta. Como contexto, atualmente as ações do plano já valem cerca de US$ 75 bilhões, segundo a empresa de pesquisa Equilar. Cerca de 35 vezes o valor combinado dos 100 maiores pacotes de remuneração de CEOs pagos em 2021, informou o levantamento.

Apesar da quantia exorbitante, especialistas disseram à Reuters que o julgamento provavelmente considerará que os diretores aprovaram a negociação antes da votação dos acionistas, ou seja, há grande chance de Musk sair como vencedor.

Leia mais:

Bilhões em ações da Tesla já foram vendidos

Em questão de dias após confirmar o interesse em comprar o Twitter, o CEO da Tesla já vendeu quase US$ 4 bilhões em ações da fabricante de carros elétricos. Musk afirma que está disposto a comprometer US$ 21 bilhões em ativos da empresa para ajudar a financiar a aquisição da rede social.

Como mencionado antes, as ações da Tesla caíram expressivamente no início desta semana justamente pelas preocupações dos investidores de que Musk venderia uma parcela de sua participação na montadora para comprar o Twitter.

Os documentos apresentados à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) revelam que Musk vendeu 4,4 milhões de ações da Tesla nesta terça e quarta-feira. Vale ressaltar que mais de US$ 125 bilhões foram subtraídos do valor de mercado da companhia desde que o conselho do Twitter aceitou a sua oferta pela plataforma.

Via: Reuters, BBC

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!