Conforme noticiado pelo Olhar Digital, a primeira grande chuva de meteoros de 2022 ocorreu nesta semana. Só o estado de Santa Catarina teve cerca de 300 fragmentos espaciais sobrevoando seu céu. São Paulo e Paraná também tiveram registros dos objetos espaciais.

meteoros
Imagem meramente ilustrativa: Observatório Heller & Jung/Reprodução

Conhecida como Eta Aquáridas, essa chuva de meteoros ocorre quando a Terra atravessa a parte mais densa da trilha de detritos deixada pelo Cometa Halley. Cada pequeno fragmento deixado pelo cometa, ao atravessar nossa atmosfera em alta velocidade, gera um meteoro, que é o fenômeno luminoso popularmente conhecido como “estrela cadente”. 

publicidade

Assista ao Eta Aquáridas no céu de Santa Catarina:

Durante uma chuva de meteoros, vários fragmentos da mesma trilha atingem a atmosfera. No caso da Eta Aquáridas, sua atividade se inicia em 21 de abril e vai até 12 de maio, mas o momento de maior intensidade da chuva ocorre na noite entre 5 e 6 de maio, quando costuma apresentar mais de 40 meteoros por hora em condições ideais.

Leia mais:

A chuva desta quinta não é a única que ocorre anualmente com meteoros associados ao Cometa Halley. Além dela, a Oriónidas, que acontece no mês de outubro, também é gerada pelos detritos do mesmo cometa, mas não é tão intensa quanto a Eta Aquáridas.

Para saber mais sobre a Eta Aquáridas e a chuva de meteoros que sobrevoou Santa Catarina, acesse a matéria do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!