Coronavírus

Pesquisadores identificam nova subvariante da Ômicron no Brasil

12/05/22 15h05
Ômicron Japão

Japão confirma primeiro caso da Ômicron. Imagem: Shutterstock

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) apontaram a identificação de uma nova subvariante da cepa Ômicron da Covid-19 no Brasil. A variante BA.2.12.1 já havia sido identificada nos Estados Unidos.  

“Não tínhamos casos desta linhagem no Brasil, mas ela está se tornando predominante nos Estados Unidos. Se isto está acontecendo por lá, é porque ela tem alguma vantagem sobre as variantes que circulam nos Estados Unidos”, explica o médico coordenador do laboratório CT Vacinas, Flávio Fonseca.  

Leia também!

O médico afirmou que ainda é necessário realizar mais estudos para confirmar a ação da subvariante da Ômicron, mas dados iniciais não indicam que ela possa ser mais letal ou perigosa que as demais.  

Os pesquisadores identificaram a subvariante em três pacientes de Belo Horizonte. O grupo apresentou sintomas da Covid-19 após voltarem de um congresso científico internacional realizado no Rio de Janeiro.  

“Como tinham pessoas de todo o mundo no evento, é possível que a subvariante tenha sido transmitida por alguém vindo de outro país”, ressalta Fonseca.  

“No contexto do Brasil, onde a maior parte da população está vacinada, a tendência é que linhagem responda à vacinação como a Ômicron tradicional, provocando sintomas brandos a moderados, sem necessidade de internação hospitalar”. 

Pesquisadores identificam nova subvariante da Ômicron no Brasil. Imagem: StepanPopov/Shutterstock

EUA registram mais de um milhão de mortes por Covid-19

Os Estados Unidos (EUA) ultrapassaram a marca de um milhão de mortes relacionadas à Covid-19. Este é o maior total de óbitos já registrado por um único país, apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontar que a subnotificação impeça que algumas nações revelem seus números de mortes reais.  

“Hoje, chegamos a um trágico marco: um milhão de vidas americanas perdidas para a Covid-19. Um milhão de cadeiras vazias ao redor da mesa de jantar. Cada uma delas uma perda irreparável. Cada uma delas deixando para trás uma família, uma comunidade, e uma nação que mudou para sempre por causa dessa pandemia. Jill e eu rezaremos por cada uma delas”, lamentou o presidente Joe Biden em um comunicado oficial. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags