Após resultados tenebrosos no último final de semana, o setor de criptomoedas abre a semana sem perspectiva de melhora. Uma notícia positiva é que o Bitcoin — que já perdeu 55% de valor em 2022 —, ao menos conseguiu se manter na faixa dos US$ 20 mil, após despencar no último sábado (18), com valorização de 7% nas últimas 24 horas, segundo o CoinMarketCap.

Ainda assim, muitos investidores temem que o cenário atual pode piorar ainda mais, criando um ‘efeito dominó’ que pode gerar impactos graves até nos principais players do ramo, instalando uma crise sem precedentes no meio dos criptoativos. “Pode haver um efeito dominó de falências e liquidações”, disse Adam Farthing, diretor de risco do provedor de liquidez cripto B2C2.

publicidade
Bitcoin cai para menor valor desde 2020 após bloqueio de saques da Celsius
Bitcoin ficou abaixo dos US$ 20 mil no último final de semana, o que não acontecia desde dezembro de 2020. Imagem: Jin Odin/Shutterstock

A realidade é que muitas empresas do setor já estão sofrendo os efeitos da crise, além de ondas de demissões, muitos investidores estão vendendo suas reservas em cripto para tentar estancar as perdas financeiras. A Babel Finance, um dos nomes do meio, adotou uma estratégia radical: suspendeu as retiradas por parte dos usuários do serviço. Algo que também foi implementado recentemente pela empresa norte-americana Celsius Network.

Veja também:

Crise das criptomoedas acompanha queda das ações de tecnologia

A queda do Bitcoin e de todo o mercado de criptomoedas acontece em meio à má fase das ações de tecnologia nos EUA, que também sofreram o seu maior declínio percentual em dois anos por temores relacionados ao aumento de juros e da probabilidade crescente de recessão econômica global.

No fim, toda a capitalização do mercado cripto também enfrenta forte queda, valendo cerca de US$ 910 bilhões no momento da publicação, segundo o CoinMarketCap, muito abaixo do recorde de US$ 3 trilhões visto em novembro do ano passado.

Via: Reuters

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!