House of the Dragon“, série prelúdio de “Game of Thrones”, acaba de ser renovada para uma 2ª temporada, mas não contará com um de seus showrunners, Miguel Sapochnik, que anunciou nesta quarta-feira (31) que está deixando a série.

A série de fantasia da HBO estreou seu segundo episódio no último domingo (28), e agora recebe uma grande baixa em seus bastidores. De acordo com o The Hollywood Reporter, Sapochnik está saindo da produção após três anos exaustivos para tornar “House of the Dragon” realidade.

O cocriador e co-showrunner Ryan Condal agora servirá como o showrunner solo da série, e continuará a trabalhar com proximidade com o outro cocriador da série e autor do universo em que ela está inserida, George R.R. Martin. Sapochnik acaba de entrar em um contrato com a HBO para desenvolver novos projetos, e permanecerá como produtor executivo da série.

“Trabalhar no universo de ‘Thrones’ nos últimos anos foi uma honra e um privilégio, especialmente passando os dois últimos com o incrível elenco e equipe de ‘House of the Dragon’,” diz Sapochnik em comunicado. “Estou muito orgulhoso do que conquistamos com a primeira temporada e muito feliz com a reação entusiasmada de nossos espectadores,” continuou.

publicidade

“Foi incrivelmente difícil decidir seguir em frente, mas sei que é a escolha certa para mim, pessoal e profissionalmente. Ao fazê-lo, porém, estou profundamente confortado em saber que Alan se juntará à série. Ele é alguém que conheço e respeito há muito tempo, e acredito que essa preciosa série não poderia estar em mãos mais seguras. Estou muito feliz por continuar fazendo parte da família HBO e ‘House of the Dragon’ e, é claro, desejo sucesso a Ryan e sua equipe e tudo de melhor com a segunda temporada e além,” concluiu Sapochnik.

Em resposta à saída de Miguel Sapochnik, “House of the Dragon” contratou o veterano de “Game of Thrones” Alan Taylor, que servirá como diretor e produtor executivo, e deve dirigir múltiplos episódios da 2ª temporada.

“É um prazer e uma honra estar de volta à HBO, mergulhando no mundo dos Targaryens, estou ansioso para trabalhar em estreita colaboração com Ryan enquanto ‘House of the Dragon’ cresce em sua segunda temporada,” disse Taylor em comunicado. “Ryan, Miguel e George lançaram uma história extraordinária, em um mundo rico e fascinante. Retornar a Westeros será um grande empreendimento e estou ansioso pelo desafio.”

Por sua vez, a HBO declarou: “Miguel Sapochnik fez um trabalho incrível na primeira temporada de House of the Dragon, estabelecendo sua aparência e sensação de assinatura. Esta série simplesmente não poderia ter acontecido do jeito que aconteceu sem ele. Embora adoraríamos que Miguel continuasse no mesmo papel, estamos entusiasmados por ter sua colaboração contínua nessa nova capacidade criativa. Olhando para o futuro, tivemos um relacionamento de décadas com Alan Taylor e estamos muito satisfeitos por tê-lo se juntando a Ryan e ao resto da talentosa equipe”.

Esta decisão chega após o sucesso enorme dos primeiros episódios, que levaram a série a ser renovada para uma 2ª temporada. Além de ter dirigido o episódio 1, Sapochnik ainda tem mais dois episódios dirigidos por ele por estrear na 1ª temporada – os episódio 6 e 7.

Leia mais!

Já Alan Taylor tem uma longa trajetória, que inclui ter trabalhado em séries aclamadas como “Família Soprano”, “Mad Men” e “Roma”. Já em “Game of Thrones“, Taylor dirigiu diversos episódios icônicos, inclusive os dois últimos da primeira temporada da série.

Os dois episódios iniciais de “House of the Dragon” estão disponíveis na HBO Max. O restante da primeira temporada seguirá no esquema de estreias semanais, sempre aos domingos às 22h, na HBO e HBO Max.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!