Um estudo apresentado na revista científica JACC sugere que a varíola dos macacos pode desencadear problemas cardíacos em pessoas infectadas. Isso indica que a doença se comporta de forma similar ao vírus da Covid-19, que também provoca outros problemas no corpo.

No caso da varíola dos macacos, os pesquisadores a ligam à miocardite aguda, disfunção essa que provoca o inchaço do miocárdio – o músculo do coração.

publicidade

Embora isso possa ser uma condição potencialmente fatal em circunstâncias mais graves, o paciente analisado, neste caso, teve recuperação completa.

Leia mais:

publicidade

O paciente observado precisou de tratamento médico após estar doente por cinco dias. De acordo com os autores do artigo, o homem alegou sintomas de mal-estar, mialgias e febre, seguidos pela erupção de lesões cutâneas em seu rosto, mãos e genitália.

O analisado, que tem 31 anos, efetuou um teste PCR, que acusou a presença do vírus da varíola dos macacos. Três dias depois, ele precisou ir ao pronto-socorro após passar uma noite inteira com um aperto no peito que irradiou para seu braço esquerdo.

publicidade

Paciente analisado foi diagnosticado com varíola dos macacos (Imagem: Flabygasted/Shutterstock)

Além disso, o paciente seguia com bolhas causadas pela varíola dos macacos, enquanto os médicos administraram uma série de testes para analisar problemas cardíacos, dado o quadro de dor indicado pelo homem.

publicidade

Após um ecocardiograma anormal, a equipe médica realizou exame de sangue e identificou mais desordens. Esses exames de sangue específicos indicaram ainda um problema cardiovascular.

Para completar, uma ressonância magnética cardíaca determinou que o paciente estava com miocardite. Após uma semana sendo tratado no hospital, ele estava curado e recebeu alta.

Associações entre a varíola dos macacos e problemas cardíacos

Embora o paciente tenha tido uma infecção por Covid-19 dois meses antes de contrair a varíola dos macacos, os pesquisadores suspeitam que a varíola dos macacos possa ter causado a miocardite aguda neste caso.

Segundo os pesquisadores, “houve poucos casos de miocardite histologicamente confirmados, e a miocardite viral causada diretamente pela Covid-19 não foi definitivamente confirmada, mas, sim, assumida devido ao contexto epidemiológico”.

Como o paciente já estava recuperado da Covid-19 e ainda estava apresentando sintomas da varíola dos macacos, os médicos creem que a doença foi a causadora da miocardite. Os pesquisadores observam também que o vírus da varíola dos macacos está ligado a outros que “têm associação direta ou indireta com problemas cardíacos”, como a varíola comum.

Médicos acreditam que a varíola dos macacos se associa à miocardite (Imagem: Master1305/Shutterstock)

A dra. Ana Isabel Pinho, líder do estudo e que atua no departamento de cardiologia do Centro Hospitalar da Universidade São João, em Portugal, apontou que “este caso mostra o envolvimento cardíaco como potencial complicação associado à infecção pela varíola dos macacos”.

A médica completou: “Acreditamos que divulgando esta potencial relação causal pode elevar a conscientização da comunidade científica e profissionais de saúde acerca da miocardite aguda como sendo possível complicação associada à varíola dos macacos. Pode ser útil para monitoramento próximo de pacientes afetados para reconhecimento adicional de outras complicações no futuro.”

Com informações de Medical News Today

Imagem destacada: Dotted Yeti/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!