A rainha Elizabeth II morreu nesta quinta-feira aos 96 anos, e sua vida foi tema de muitas produções, como é o caso de “The Crown”, série da Netflix que ainda está em andamento. Agora, com a morte da monarca, o futuro da série será afetado?

Após celebrar seu Jubileu de Platina, ao alcançar 70 anos de reinado, a rainha Elizabeth II, que herdou a coroa britânica após a morte do pai, o rei George VI, em 1952, agora será sucedida por seu filho mais velho, o rei Charles III.

No período do reinado de Elizabeth II, o mundo e o Reino Unido passaram por diversos períodos de mudanças profundas na sociedade, política e economia, com seus 70 anos como rainha abraçando um período que foi da Guerra Fria até o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia.

the crown elizabeth
Elizabeth II (Claire Foy) e o Príncipe Phillip (Matt Smith). Imagem: Netflix

Assim, com tantos acontecimentos envolvendo a rainha e seu período como monarca britânica, diversas produções foram criadas para retratar sua vida, e de sua família, do cinema à televisão, de documentários a ficcionalizações da vida da rainha e da família real britânica. Recentemente, a história recente da coroa britânica passou a ser contada na série dramática baseada em fatos reais vencedora de Emmys da Netflix, “The Crown”.

publicidade

Em que ponto está “The Crown”?

the crown elizabeth
O Príncipe Philip (Tobias Menzies) e a Rainha Elizabeth II (Olivia Colman). Imagem: Netflix

“The Crown” conta a história do reinado de Elizabeth II. Como este período envolveu sete décadas, diversos grupos de atores foram utilizados para interpretar os personagens principais desta história em eras diferentes. Enquanto Claire Foy e Matt Smith estrelaram o começo da série como uma Elizabeth e Phillip jovens, os dois foram vividos por Olivia Colman e Tobias Menzies nas temporadas 3 e 4 da série.

No momento, a 5ª temporada da série tem previsão para lançamento na Netflix em novembro, enquanto a 6ª temporada já está em desenvolvimento. O showrunner e roteirista principal da série, Peter Morgan, comunicou que pretende “parar as filmagens” da série temporariamente, por respeito pela morte da rainha Elizabeth II.

A 4ª temporada terminou em clima de suspense, com o príncipe Charles e a princesa Diana, vividos por Josh O’Connor e Emma Corin, respectivamente, se afastando cada vez mais da coroa.

O que acontecerá na 5ª temporada

the crown elizabeth
Princesa Diana (Elizabeth Debicki). Imagem: Netflix

A 5ª temporada terá um elenco totalmente novo, com Imelda Staunton e Jonathan Pryce alinhados para viver versões mais velhas de Elizabeth e Phillip, e Dominic West e Elizabeth Debicki interpretando Charles e Diana. Além disso, Leslie Manville dará vida à princesa Margaret, a irmã da rainha, nesta nova fase. A expectativa é que esta nova temporada cubra os eventos que vão do começo ao meio dos anos 1990.

Ainda não se sabe se a 5ª temporada incluirá ou não a morte da princesa Diana, que aconteceu em 1997, ou se este evento tão marcante na história da coroa britânica ficará para a 6ª temporada. Diversos atores foram adicionados ao elenco para este período do tempo, inclusive Khalid Abdalla como Dodi Fayed, o amante de Diana que morreu a seu lado no mesmo acidente de carro.

Além disso, Bertie Carvel foi escolhido para interpretar o Primeiro Ministro Tony Blair, que serviu como o líder político da Inglaterra entre 1997 e 2007. Já o príncipe William será vivido por Senan West, o filh na vida real de Dominic West (que será o príncipe Charles nesta nova fase).

É muito possível que a morte da princesa Diana e todas as repercussões e controvérsias em torno de sua morte fiquem para o final da 5ª temporada, e talvez chegue ao começo da 6ª temporada.

O que vem depois?

Apesar a 6ª temporada ter sua produção paralisada brevemente em honra da morte de Elizabeth II, a temporada que é vista como a final já adicionou diversos membros importantes ao elenco.

Staunton, Pryce, West e Carvel devem retornar para seus respectivos papéis principais, e recentemente a Netflix elencou Rufus Kampa como o príncipe Harry e Ed McVey como uma versão um pouco mais velha do príncipe William. Além disso, Meg Bellamy se juntou ao elenco como Kate Middleton, a namorada e William e sua futura noiva.

Como William e Harry vão crescer ao longo da 6ª temporada, é possível esperar que a temporada final cubra o final dos anos 1990 e o começo do século 21.

Peter Morgan, showrunner da série, já comentou que a 6ª temporada será a última da série, mas é sempre possível que ele mude de ideia. Como os intérpretes de William, Harry e Kate são jovens, é improvável que a série cubra os casamentos reais, e a separação de Harry da Família Real.

Caso Morgan mude de ideia, é possível que duas novas temporadas sejam capazes de cobrir os eventos até a morte da rainha. No entanto, a proximidade com a realidade pode ser um complicador, e o showrunner pode optar por não tentar transformar em ficção eventos que ainda estão em desenvolvimento.

Leia mais!

Então, por hora é improvável que a morte da rainha Elizabeth II tenha qualquer impacto em “The Crown”, afinal sua morte acontece muitos anos após o final previsto para a série, que deve ser em algum ponto do começo dos anos 2000.

Mas, é possível que ter um momento final para o reinado seja tentador para o showrunner e para a Netflix. Assim, seria possível fechar a série com a morte da rainha se tornando um ponto final, após começá-la no início da trajetória de Elizabeth.

As 4 primeiras temporadas de “The Crown” estão disponíveis na Netflix, enquanto a 5ª temporada chega ao streaming em 15 de novembro deste ano.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!