Os eVTOLs (sigla em inglês para aeronaves elétricas de decolagem e pouso verticais) são veículos que prometem revolucionar a mobilidade urbana nas próximas décadas. Uma empresa quer acelerar o processo e levar os passeios aéreos para outro nível.

A Charm Aviation, que controla uma das maiores frotas de helicópteros dos EUA, quer colocar o passageiro no posto de piloto do Hexa, um eVTOL semi-autônomo de assento único — o mesmo modelo que também será usado pela Força Aérea dos EUA.

Veja também:

Segundo a companhia, qualquer pessoa pode operar a aeronave após receber um treinamento de menos de uma hora. O modelo também possui o aval da FAA (Federal Aviation Administration) para realizar voos turísticos.

publicidade
O Hexa é um eVTOL semi-autônomo de assento único.
Imagem: Lift Aircraft/Divulgação

Alimentada por 18 motores elétricos e com um corpo bastante distinto sem asas e com o cockpit aberto, “o Hexa é perfeito para voos recreativos curtos de 15 minutos”, diz a Charm Aviation.

A empresa já encomendou 100 unidades do modelo fabricado pela Lift no Texas. As duas empresas também firmaram uma parceria para criar uma rede de vertiportos nas áreas à beira-mar de Nova York. 

Para atender aos regulamentos, o passeio permite voar apenas em um corredor específico de 396 metros que se estende ao redor de Manhattan.“Mal posso esperar para voar com o HEXA ao redor da Estátua da Liberdade”, disse Caitlyn Ephraim, presidente da Charm Aviation. 

O plano da empresa é começar a oferecer o treinamento e os voos no início de 2023.

Não precisa de licença para pilotar?

O Hexa é um eVTOL semi-autônomo de assento único.
Imagem: Lift Aircraft/Divulgação

Como pesa apenas 196 kg em virtude da sua estrutura em fibra de carbono, o Hexa se enquadra na mesma categoria dos “ultraleves motorizados”, ou seja, segundo a FAA o modelo dispensa a licença de piloto.

A aeronave é controlada por um joystick de 3 eixos ou piloto automático, e voa basicamente com uma espécie de micro-helicóptero. Um recurso interessante é a capacidade de poder ser controlada remotamente.

Por fim, o Hexa também é anfíbio, ou seja, consegue pousar em terra e na água e possui espuma que absorve energia na sua estrutura, o que também funciona como proteção em caso de pouso forçado.

Imagem principal: Lift Aircraft/Divulgação

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!