Temas relacionados ao emagrecimento e dietas são muito buscados no Google. Após divulgarmos aqui um estudo que determinou a quantidade de passos diários necessários para manter o peso, trazemos agora mais uma das perguntas comumente lançadas na plataforma de busca: musculação emagrece? 

Ao contrário do que muita gente acha, a musculação é a verdadeira grande aliada no emagrecimento, mais até que os exercícios aeróbios. É cientificamente comprovado que o fato de suar mais praticando cardio não garante um resultado maior na perda de gordura, se comparado ao treino muscular, uma vez que a gordura não é eliminada na transpiração, como explica o personal trainner dos famosos, Cássio Fidlay. 

Leia mais! 

“Suar mais não significa queimar mais calorias. Sim, até queima calorias, mas não tanto quanto a construção dos músculos na musculação. Quando você está suando nada mais é que a hiperventilação do seu corpo. É como se fosse a ventoinha do carro. O carro aqueceu, ele liga a ventoinha para refrigerar. O corpo é a mesma coisa, quando você faz cardio, você eleva a temperatura do corpo e consequentemente o corpo precisa manter uma temperatura ambiente natural. O que ele faz? Começa a transpirar, a soltar água pelos poros para refrigerar, mas isso não quer dizer que você está perdendo gordura. A gordura só é eliminada pelas fezes. A gordura não derrete ao ponto de oxidar em água para sair pelos poros”, disse o especialista. 

publicidade

O professor acrescentou que os resultados do emagrecimento vindos do treino muscular são mais eficazes, pois no aeróbio a quantidade de fibras rompidas é muito inferior.  

“No aeróbio você demora entre 12h e 24h para recuperar essas fibras. Com a musculação você acaba tendo micro lesões na sua fibra muscular, proporcionando o rompimento de mais fibras, demorando de 48h a 72h nessa recuperação. Quanto mais músculo ganha, mais gordura perde. O músculo é ativo no seu corpo, a gordura fica em estoque. Quanto mais músculo se tem, mais trabalho o corpo tem para se manter vivo, já que a gordura é a energia e o corpo precisa de energia para manter essa massa muscular. O corpo precisa usar essa energia (gordura) como combustível para manter a musculatura.” 

A prática de exercícios físicos é um fator importante para a perda de peso
A prática de exercícios físicos é um fator importante para a perda de peso. Imagem: Inside Creative House / Shutterstock

Cássio ainda desmistificou as dietas radicais em que não se come praticamente nada. “Se você fica sem comer, seu corpo entra em estado de defesa e não queima gordura, porque se ele queimar toda a gordura, ele morre. O corpo se protege e acaba entrando em modo econômico, passando a consumir o que gasta mais. E o que gasta mais? O músculo. Então você acaba perdendo músculo, mantendo a gordura e aí que surge a flacidez.” 

O especialista, que atende nomes como Shantal, Carla Diaz e Felipe Becari, disse que, embora a musculação emagreça mais, o ideal é alinhar os treinos com os exercícios aeróbios. “Foi comprovado cientificamente que a musculação emagrece mais que o aeróbio, porque você acaba ficando muito mais tempo recuperando as fibras rompidas na musculação do que as fibras rompidas no aeróbio. O aeróbio complementa as calorias gastas na musculação. Não adianta só fazer musculação. Você vai ter um resultado muito maior fazendo os dois, mas o carro chefe para começar a perder gordura é fazer a musculação.” 

Para os que buscam resultados rápidos, o personal ainda deixou uma ‘dica de ouro’: a importância e eficácia do déficit calórico. 

“Não consumindo energia externa (comida) suficiente, o corpo entende que precisa de mais e começa a pegar essa energia da gordura. Tirem esse mito da cabeça de que ficar sem comer emagrece. Chega uma hora que o corpo para e entra em estado de defesa. Ele começa a perder, mas chega uma hora que ele entende que se continuar queimando a gordura sem a entrada de combustível, que é a alimentação, ele vai morrer. Então, não fiquem sem comer, tenham uma dieta balanceada para o seu objetivo”, orientou. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!