Os usuários que não estão felizes com as mudanças controversas de Elon Musk pelo Twitter continuam procurando pela plataforma que seria a “substituta ideal”. Diante disso, depois do Mastodon e o Koo, mais uma alternativa está chegando e atende pelo nome de ‘Post’.

A nova rede social está sendo desenvolvida pelo cientista político Noam Bardin, ex-CEO do Waze, e pode estar surgindo como uma futura opção aos insatisfeitos com o Twitter. Segundo Bardin, na página do Post, a plataforma vai ser “um lugar civil para debater ideias, aprender com especialistas, jornalistas, criadores e uns com os outros, e conversar livremente”.

Noam Bardin, ex-CEO do Waze. Imagem: Reprodução/Orel Cohen
Noam Bardin, ex-CEO do Waze. Imagem: Reprodução/Orel Cohen

Além disso, a nova mídia social é descrita como uma “plataforma social para pessoas reais, notícias reais e conversas civis”. Pelo Linkedin de Noam Bardin, é possível observar que a rede está sendo desenvolvida desde maio deste ano, sem atrair maiores atenções até o momento.

“Lembra quando as redes sociais eram divertidas, apresentavam grandes ideias e pessoas legais e realmente o tornava mais inteligente? Lembra quando não desperdiçavam seu tempo e te deixavam com raiva ou triste? Quando você podia discordar de alguém sem ser ameaçado ou insultado? Queremos trazer isso de volta com o Post”, afirma o comunicado de Bardin.

publicidade

Leia também:

O Post possui uma inspiração dos primeiros anos do Twitter e a plataforma também trará a opção de comentar, curtir, compartilhar e repostar conteúdos. Por outro lado, os usuários vão poder realizar postagens de “qualquer comprimento”, ou seja, superior ao limite atual de 280 caracteres da rede de Musk.

Ainda em fase de produção e somente com recursos básicos lançados, o Post ainda não está aberto para todos os usuários. No entanto, é possível se inscrever na lista de espera, que possui 125.000 pessoas na fila neste momento – 3.500 pessoas conseguiram usar e testar a plataforma até agora.

Informações via Android Headlines

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!