Buscando diversificar seu portfólio, os irmãos Russo, diretores de cinema e de televisão, estão com planos de criar para a Amazon uma série baseada no colapso da FTX.

A ideia é mostrar como a empresa de criptomoedas, que já foi considerada a maior e a mais conhecida entre as exchanges de cripto no mercado, teve um fim tão rápido e escandaloso.

publicidade

Leia mais:

Para quem não está familiarizado com o caso, há pouco tempo a FTX entrou com um pedido de falência, mas isso veio seguido de diversos acontecimentos que culminou no fim da empresa tão rapidamente.

publicidade

Os ativos digitais da FTX diminuíram de valor no começo de novembro, logo após sua maior rival do setor – a Binance – ter anunciado que venderia seus FTT (token da FTX) restantes devido a “revelações recentes”.

Além disso, antes da Binance querer se desfazer de todos seus FTTs, a CoinDesk informou que a Alameda Research, empresa de trading fundada pelo então CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, era apoiada principalmente por tokens FTT. 

publicidade

“A situação aumenta a evidência de que os laços entre a FTX e a Alameda são extraordinariamente próximos”, escreveu a CoinDesk. A Alameda teria tido problemas financeiros e estava supostamente usando os depósitos dos clientes da FTX para pagar dívidas.

Após essas informações serem divulgadas, os investidores menores e clientes da FTX quiseram pular do barco antes que afundasse, e aí foi o começo da quebra da empresa, pois eles enviaram pedidos de saques, causando um problema de liquidez. Durante toda essa crise, a Binance também tinha anunciado que estava pensando em comprar sua rival, porém desistiu rapidamente. 

publicidade
FTX
Imagem: Dennis Diatel/Shutterstock

Esse colapso e a quebra de uma das maiores carteiras de criptomoedas ainda tem muito a ser investigado e muito mais na história, por isso, pode-se esperar bastante da série.

Segundo a Variety, a Amazon aprovou uma adaptação em série limitada com oito episódios e pretende iniciar a produção no próximo ano. David Weil, produtor e diretor que já trabalhou anteriormente com os irmãos Russo, escreverá e produzirá o episódio piloto. 

Enquanto isso, Anthony e Joe Russo, conhecidos por dirigir quatro filmes do Universo Cinematográfico da Marvel, estão em negociações para dirigir e serem os produtores executivos do show. 

Até o momento não se sabe por qual linha da história os irmãos Russos vão seguir, porém a Variety afirmou que a série pode ser baseada em “reportagens privilegiadas” de jornalistas que já estão investigando o escândalo da FTX. Com essas cartas na manga, a dupla de diretores também está conversando com vários atores da Marvel para atuar em papéis importantes na série. 

Porém, vale ressaltar que a Amazon não é a única empresa interessada nessa história. Pouco antes de ser divulgado esse pedido da produção da série, o Deadline informou que a Apple estava perto de assinar um acordo de sete dígitos pelos direitos de um livro sobre Bankman-Fried, fundador da FTX, que está sendo escrito por Michael Lewis. Mas, ao contrário da Amazon, a Apple planeja transformar o livro de Lewis em um longa-metragem.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!