Um desenvolvedor resolveu adaptar o ChatGPT (na verdade, o GPT-3, o modelo de IA por trás dele) para criar um assistente de casa conectada, como se fosse a Siri e um HomePod, comandando vários dispositivos compatíveis com HomeKit. 

Como ele cita em um post no Reddit, ao usar modelos de linguagem como o GPT-3, o resultado não é controlado, e muito menos previsível, como acontece com as respostas da Siri, Alexa ou do Google Assistente. 

Leia mais:

Vantagens de um assistente de casa conectada com o ChatGPT

O desenvolvedor e entusiasta Mate Marschalko descreve em seu site todo o processo necessário para criar um assistente que usa IA para entender e responder aos seus comandos. No vídeo, ele pede que o assistente acenda as luzes do escritório através do comando de voz: “percebi agora que estou gravando esse vídeo no escritório no escuro, você pode fazer algo a respeito?”.

publicidade

Além disso, ele também pede ao assistente com GPT-3 para acender as luzes da garagem quando sua esposa estiver chegando em casa, e para ajustar a temperatura do seu quarto para que fique “confortável”.

Assista abaixo ao vídeo mostrando os testes de Matt com seu assistente feito com o ChatGPT.

Indo além de simplesmente controlar dispositivos, o assistente com interface para o ChatGPT também pode responder perguntas mais abstratas. Assim, é possível “conversar” com ele sobre a vida, como criar seus filhos, etc. Para criar o assistente, ele usou o Shortcuts (Atalhos), ferramenta de automação disponível no iOS, macOS e iPadOS. 

Nas suas palavras, “o que torna esse assistente para casa tão inteligente é sua habilidade de entender e analisar respostas. Isso funciona de forma fundamentalmente diferente da Siri ou Alexa”.

Quais serão os próximos capítulos dessa história? Só o tempo vai dizer, mas é inegável que a tecnologia está cada vez mais promissora.

Imagem: Parradee Kietsirikul (iStock)

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!