O ChatGPT se tornou um aliado de funcionários da Amazon, mas isso está preocupando a companhia. A tecnologia está sendo utilizada para simplificar rotinas internas, como para responder dúvidas de clientes da Amazon Web Services (AWS) e até escrever cartilhas de treinamento. 

Acontece que, segundo o Insider, um advogado da Amazon enviou uma mensagem para todas as equipes pedindo que ninguém compartilhe códigos internos com a nova tecnologia da OpenAI

Leia também!

O pedido foi feito após o advogado testemunhar casos em que o chatbot de inteligência artificial mimetizava materiais internos da Amazon. 

publicidade

“Isso é importante porque suas entradas podem ser usadas como dados de treinamento para uma nova iteração do ChatGPT, e não queremos que sua saída inclua ou se pareça com nossas informações confidenciais”, disse.

O que é o ChatGPT?

Nas últimas semanas, diversas notícias sobre o ChatGPT inundaram as redes sociais e algumas pessoas chegaram a demonstrar receio com a capacidade da tecnologia. Mas você sabe o que é essa nova ferramenta? 

Imagem: Shutterstock

O ChatGPT é um modelo de linguagem treinado com uma variedade de tópicos e estilos. Por enquanto, ele consegue gerar textos escritos de forma natural e coerente – pelo menos, na maior parte das vezes. Porém, é possível que futuramente ele possa, inclusive, usar microfone e alto-falante para se comunicar, como uma evolução do que entendemos de assistentes virtuais.

Por isso, essa ferramenta é usada em aplicações que envolvem texto escrito. Como, por exemplo, aplicativos de escrita automatizada, assistentes virtuais, ferramentas de análise de dados, programação e chatbot.

E diferente de outros chatbots, como aqueles utilizados por varejistas, o ChatGPT não possui um limite. A ferramenta propícia uma experiência de diálogo baseada em uma inteligência artificial, e é capaz de fazer coisas impressionantes.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!