Vários usuários da web estão impressionados com as capacidades que o ChatGPT vem demonstrando e isso está chamando a atenção de algumas companhias de tecnologia. Nesse sentido, a empresa chinesa Baidu planeja criar uma concorrência nessa área.

Um versão do ChatGPT criada pelo Baidu?

  • O site Bloomberg divulgou neste domingo (29) que o Baidu tem planos para lançar sua própria versão do ChatGPT e uma fonte teria comunicado que a empresa vai apresentar o chatbot com IA em março;
  • Até o momento, a ferramenta ainda não recebeu um nome e deve ser incorporada aos principais serviços de busca do Baidu, sendo um dos principais buscadores do planeta;
  • Anteriormente, o Baidu realizou investimentos em seu sistema Ernie, uma ferramenta de IA na qual vem trabalhando há anos, e que deve ser uma base para a versão do ChatGPT.

Algumas empresas de tecnologia chinesas já estão levantando esforços para trabalhar em ferramentas de IA semelhantes ao ChatGPT. Por outro lado, o tamanho do Baidu e seu envolvimento nessa área é um momento destacável em um setor que tem potencial para transformar outros setores.

Leia também!

Criado pela OpenAI, o ChatGPT trouxe um nível completamente novo para a tecnologia chatbot. Apresentada há apenas alguns meses, a ferramenta foi treinada para utilizar grandes quantidades de dados da internet e refinada por meio de feedback humano, tendo a habilidade de responder em forma de texto de uma maneira mais natural e criativa.

publicidade
Imagem: Reprodução/Shutterstock

Com isso, o largo espaço que a tecnologia com IA deve ocupar nos próximos anos já está trazendo alguns sinais, como as investidas de gigantes tech. Recentemente, a Microsoft anunciou que fará um investimento significativo na OpenAI, que gira em torno de US$ 10 bilhões (cerca de R$ 51 bilhões).

O Google é outra empresa que olha com atenção para a repercussão do ChatGPT e também está de olho em uma possível utilização da ferramenta no sistema Bing da Microsoft, rival entre os buscadores. A gigante de buscas procurar investir pesado no desenvolvimento de sistemas que concorram com a ferramenta da OpenAI.

Informações via Digital Trends

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!