Agora a pouco, a HBO lançou o episódio final da primeira temporada da série The Last of Us, que segue após os acontecimentos do traumatizante episódio 8, apresentando o desfecho da jornada de Joel e Ellie e a decisão mais controversa desta história.

ATENÇÃO: o texto abaixo contém spoilers do episódio 9 de The Last of Us.

Leia mais:

Após vermos Troy Baker, o Joel original dos games, viver o personagem James no episódio anterior, agora é a vez de Ashley Johnson, que fez a captura de movimentos da Ellie dos jogos The Last of Us, fazer uma participação na série.

publicidade

Johnson aparece em uma longa cena antes da abertura, que mostra um flashback onde conhecemos Anna, a mãe de Ellie. Sim, a Ellie original interpreta a mãe da Ellie de Bella Ramsey na série, um belo aceno aos fãs dos games.

the last of us
Ashley Johnson como Anna, a mãe de Ellie. Imagem: HBO/Divulgação

Não temos muito contexto quanto ao motivo de ela estar ali, mas Anna aparece muito grávida, sentindo dores do parto, enquanto foge de um infectado. Ela acaba dando à luz enquanto luta com o infectado e eventualmente o mata, mas não antes de ser mordida.

Ela se apressa para cortar o cordão umbilical, e se recusa a amamentar a criança, que sabemos se tratar de Ellie. Mas, de alguma forma, Anna ter sido mordida enquanto estava ligada a Ellie pelo cordão umbilical parece ter sido o suficiente para a menina se tornar imune.

Após a abertura, ainda continuamos no flashback, onde vemos um rosto conhecido: Marlene, que chegou tarde demais à casa onde estão Anna e a recém-nascida Ellie. Logo Marlene encontra Anna, que segura o bebê enquanto aponta uma faca (sim, a faca de Ellie) para o próprio pescoço, pronta para tomar a própria vida em qualquer sinal de que a infecção estivesse tomando conta.

Anna mente para Marlene que cortou o cordão umbilical antes de ser mordida, para proteger a criança e a informa que seu nome é Ellie, pede para Marlene mantê-la segura e lhe entregar a icônica faca que a jovem carrega por toda a série. Anna também pede a Marlene para que ela a mate, pedido que ela cumpre, enquanto Ellie chora ao, sem saber, perder a própria mãe.

É aí que retornamos ao presente, com Ellie aparentando estar perdida em seus próprios pensamentos – provavelmente relacionados ao que aconteceu no episódio anterior -, desinteressada em tudo o que Joel diz, enquanto ele está mais falante do que nunca, a oferecendo jogos e para ensiná-la a tocar violão no futuro.

O caminho percorrido pelos dois eventualmente culmina em uma das cenas mais icônicas da série: a das girafas. Na primeira versão do episódio que recebemos, a cena estava bastante inacabada, mas a finalizada é espetacular, com a dupla vivendo o lindo momento apreciando a natureza tomar conta deste mundo destruído.

the last of us
Joel e Ellie admiram a vista com as girafas. Imagem: HBO/Divulgação

Após a proposta de Joel de retornar para Jackson e viver como se a jornada em busca dos Vagalumes nunca tivesse acontecido, com ele oferecendo a ela uma vida a seu lado como pai e filha, Ellie recusa, relembrando que tudo o que eles passaram e fizeram não pode ter sido por nada.

Ao mesmo tempo, ela promete que o seguirá para onde ele quiser ir, aceitando sua proposta subentendida de viverem como pai e filha, mas não antes de encontrarem os Vagalumes para tentarem encontrar uma cura para a infecção do Cordyceps e “terminar o que começamos”.

Joel então admite a Ellie que sua cicatriz na testa, que ele disse ter sido de alguém que atirou nele e errou no terceiro episódio, na verdade foi ele mesmo, em uma tentativa de tirar a própria vida após perder Sarah. Quando Ellie pergunta a ele se o tempo cura todas as feridas, Joel responde de forma intensa, dizendo que não foi o tempo que o curou – deixando para a interpretação dela que na verdade foi a própria Ellie que o fez.

Enquanto Ellie lê trocadilhos para Joel, os dois acabam surpreendidos por soldados, que os atacam, deixando Joel desacordado. Esta versão de como os dois acabam emboscados é diferente do game, mas tem o mesmo fim: Joel acorda e encontra Marlene, que o conta a pior coisa que ele poderia ouvir: Ellie está sendo preparada para cirurgia e que ela terá que ser sacrificada para os médicos tentarem criar uma vacina, o que eles acreditam que gerará uma cura.

Joel se desespera, enquanto Marlene diz a ele que Ellie não foi informada de nada e que não sentirá dor alguma. Marlene comete o erro de achar que Joel irá embora sem lutar, e o deixa partir, mas tudo parece já se desenhar nos olhos de Pedro Pascal na cena. Enquanto ele caminha, Joel busca formas de atacar, até que consegue, iniciando a matança que referinirá sua relação com Ellie, com o objetivo de que ainda exista esta relação, com a menina que ele vê com a filha continuando viva.

Um a um, ele mata os Vagalumes, até chegar à sala de cirurgia e matar o médico, resgatar Ellie e a levar embora, até encontrar Marlene na garagem, onde apesar dos esforços dela, ele opta por salvar Ellie e matar a líder dos Vagalumes.

Ellie eventualmente acorda da anestesia no banco de trás de um carro, com Joel mentindo para ela ao dizer que os Vagalumes fizeram todos os testes, encontraram mais pessoas imunes como ela e que a tentativa de encontrar uma cura foi em vão.

Mais tarde, enquanto eles caminham pela floresta e Joel fala sobre Sarah, Ellie conta para Joel sobre Riley e pergunta a ele se o que ele contou sobre os Vagalumes era verdade, e Joel opta novamente por mentir para Ellie.

Apesar de pequeno, o episódio final da temporada de The Last of Us entregou um final à altura da série. A discussão do jogo sobre a decisão de Joel agora é transferida para a série.

Enquanto muitos acreditam que Joel fez o que qualquer pai faria e que nada garante que os Vagalumes iriam mesmo conseguir uma cura, outros destacam o egoísmo da decisão, e como ele desperdiçou uma chance de salvar todo o mundo, além de não dar uma chance a Ellie para tomar a decisão por si só, algo que os Vagalumes também falharam em fazer.

Esta decisão certamente afetará o futuro da relação dos dois no futuro da série, que já tem uma segunda temporada garantida.

Agora, todos os episódios de The Last of Us estão disponíveis na HBO Max.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!