Quem jogou videogame nos anos 1990 muito provavelmente se divertiu com um Super Nintendo (SNES). Desde seu título de lançamento, Super Mario World, que acompanhava o console, o SNES mostrou um elevado padrão de qualidade em seus games. Até por isso, é difícil – e até mesmo controverso – fazer uma lista com os 10 melhores jogos para Super Nintendo. Difícil, mas não impossível! Por isso, listamos a seguir uma relação com o melhor do que foi lançado para o console de 16 bits da Nintendo.

Leia também:

Zelda: A Link to the Past
Zelda: A Link to the Past / Reprodução/Nitendo

Mais que um dos melhores para SNES, A Link to the Past entra facilmente em listas de melhores games de todos os tempos. O terceiro título da franquia utiliza (e aperfeiçoa) as mecânicas originais da série, iniciada em 1986 no NES, além de introduzir conceitos utilizados até hoje nas aventuras de Link, como mundos alternativos, além de adicionar novas armas, como a icônica Master Sword. O jogo está disponível hoje para assinantes do Nintendo Switch Online e, recentemente, também ganhou uma versão não oficial para PC.

Super Metroid

Super Metroid é um dos melhores jogos de Super NES
Jogo, ao lado de Castlevania: Symphony of the Night, estabeleceu o gênero “metroidvania”. Imagem: Nintendo/Reprodução

Assim como Zelda, Metroid debutou no NES em 1986, mas foi na década de 1990, no Super Nintendo, que a franquia deu um passo além. Refinando a fórmula dos seus antecessores, Super Metroid se beneficia ao máximo dos recursos do hardware e oferece uma experiência aprimorada de exploração de cenários, com diversos itens e upgrades que permitem o acesso a novas áreas, abrindo sempre caminhos possíveis para a jornada da protagonista Samus. Outros destaques são o visual e a trilha sonora, de qualidade acima da média para os jogos da época, melhorias que podem ser creditadas também à maior capacidade do cartucho: 24 MB. Antes dele, o máximo o maior valor era 16 MB.

publicidade

Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars

Super Mario RPG, primeiro do gênero estrelado por Mario, figura entre os melhores jogos do Super Nintendo.
Título foi feito pela Nintendo em parceria com a Square (atual Square Enix), desenvolvedora de Final Fantasy. Imagem: Nintendo/Divulgação

Improvável que alguma lista de melhores jogos de um console da Nintendo não tenha o nome Mario no meio. Chama a atenção, porém, que este não é um dos títulos tradicionais do encanador, mas o seu primeiro RPG. Nessa empreitada, a Nintendo trabalhou em parceria com a Square (hoje, Square Enix), um dos grandes nomes do gênero nos anos 1990, responsável por Final Fantasy e Chrono Trigger, por exemplo. Colocando Mario, Peach e Bowser como aliados, o game faz uma bem-humorada mistura de JRPG com o universo de Super Mario, embalado por gráficos que emulam um visual 3D. O jogo foi relançado pela última vez para o WiiU.

Chrono Trigger

Um dos melhores RPGs de todos os tempos e também um dos melhores jogos de Super Nintendo.
Design dos personagens dos é assinado por Akira Toriyama, o criador de Dragon Ball. Imagem: Square Enix/Divulgação

E já que falamos de JRPG, impossível não citar Chrono Trigger, outro clássico absoluto. Não é por acaso que o jogo alcançou tamanho prestígio. Afinal, a produção tem a assinatura de dois grandes nomes dos games, Hironobu Sakaguchi (Final Fantasy) e Yuji Hori (Dragon Quest), além de Akira Toriyama, o criador de Dragon Ball, responsável pelo design do jogo. Em uma história que envolve passado, presente e futuro, a trama se destaca pelo também pelos personagens extremamente carismáticos e pela existência de múltiplos finais. São 13 diferentes fins. Hoje, o jogo está disponível em diferentes plataformas, do PC ao smartphone.

Super Mario World

Tido como um dos melhores jogos de Super Nintendo, Mario World foi o primeiro lançamento para o videogame.
Desta vez, Mario teve a companhia de Yoshi, que posteriormente ganharia seus próprios jogos. Imagem: Nintendo/Reprodução.

Todo console da Nintendo costuma ter um jogo de Mario entre seus primeiros lançamentos. No SNES, não foi diferente. Aliás, Super Mario World acompanhava o console e, por isso, acabou sendo também o jogo mais vendido do Super Nintendo. Mas mesmo se não fosse assim, o título certamente faria igual sucesso. Afinal, trazia a bem estabelecida fórmula de Super Mario Bros. 3 (NES) mais refinada, com novos poderes e diferentes movimentos para o encanador, além do adorável Yoshi. Tudo isso com um visual que segue impecável, mesmo décadas depois. Está disponível no Nintendo Switch Online.

Street Fighter II Turbo

Um dos mais populares games de luta, Street Fighter II figura no top 10 do SNES.
Jogo é considerado a versão definitiva de Street Fighter II, com gameplay mais ágil. Imagem: Capcom/Reprodução

É verdade que os arcades eram a melhor opção para quem queria aproveitar jogos de luta no máximo de seu potencial. Mas a versão turbo de Street Fighter II oferece algo bem próximo dessa experiência em um console doméstico. Mais ágil, com novos golpes e gráficos melhorados em relação ao jogo original, esta pode ser encarada como edição definitiva do clássico de trouxe os jogos de luta para outro patamar. Street Fighter II Turbo foi recentemente incluído na coletânea Street Fighter 30th Anniversary Collection.

Final Fantasy VI

Jogo também aparece em listas de melhores RPGs de todos os tempos.
Originalmente, jogo foi lançado no ocidente como Final Fantasy III, porque apenas o primeiro e o quarto jogo da série haviam sido lançados fora do Japão. Imagem: Square Enix/Reprodução

Antes de ser um fenômeno também fora do Japão, Final Fantasy teve uma trajetória discreta no ocidente. Apenas o primeiro e o quarto jogo da série haviam sido lançados além do território japonês. O sexto jogo acabou sendo lançado aqui originalmente como Final Fantasy III. Se faltava um empurrãozinho para que a franquia engatasse de vez por aqui, Final Fantasy VI foi esse divisor de águas, trazendo um jogo desafiador, mas não injusto, bem balanceado e com uma história envolvente. Certamente um dos títulos mais caprichados de todos os da série Final Fantasy.

Super Mario World 2: Yoshi’s Island

Franquia Super Mario rendeu alguns dos melhores jogos do Super Nintendo.
Apesar do título, jogo não é continuação direta de Super Mario World. Imagem: Nintendo/Reprodução

O nome pode enganar e dar a entender que é uma sequência direta de Mario World. No entanto, trata-se de uma prequel, com o Mario bebê. Aqui, controlamos Yoshi, em uma dinâmica um pouco diferente do habitual da série Mario. O dinossaurinho pode engolir inimigos, como visto em Mario World, além de arremessar ovos. Outro diferencial é o visual do jogo, desenhado e colorido como que feito a lápis. Cheio de quebra-cabeças e inegavelmente charmoso, é também um dos mais simpáticos jogos da franquia. Disponível no Nintendo Switch Online.

Star Fox

Nova franquia foi iniciada no Super Nintendo.
Cartucho do jogo vinha com chip Super FX para criar efeito 3D. Imagem: Nintendo/Divulgação

Série de jogos menos lembrada hoje em dia, Star Fox foi uma grata surpresa no Super Nintendo. Tendo estrelado no console de 16 bits, o game também foi o pioneiro título a sair em 3D no videogame. E apesar da aparente simplicidade do visual, nos parâmetros atuais, os gráficos envelheceram bem. Assim como a jogabilidade funcionando perfeitamente. Ainda é bastante agradável pilotar uma nave em Star Fox, desviar de obstáculos e atacar inimigos. O jogo está disponível no Nintendo Switch Online.

Super Mario Kart

Jogo, um dos melhores do Super Nintendo, inaugurou nova franquia.
Série de corrida acabou virando uma das mais bem-sucedidas da franquia Mario. Imagem: Nintendo/Divulgação

Talvez pouca gente imaginasse que colocar os personagens de Super Mario em um jogo de corrida pudesse dar tão certo. O fato é que o resultado é divertidíssimo, e hoje em dia fica difícil imaginar um console da Nintendo sem Mario Kart. Ainda que atualmente a jogabilidade pareça um tanto menos precisa na comparação com títulos mais recentes, o jogo ainda oferece uma boa dose de entretenimento e brilha pela originalidade. Disponível no Nintendo Switch Online.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!