As cirurgias assistidas por robôs são procedimentos médicos nos quais os cirurgiões utilizam máquinas cirúrgicas e computadores para operar os pacientes: o profissional controla um ‘joystick’ conectado a um computador enquanto braços mecânicos realizam incisões e cortes no corpo do paciente. As cirurgias robóticas já são uma realidade em algumas áreas médicas e contribuem para diminuir o risco de insucesso nos procedimentos e melhorar a qualidade da recuperação daqueles que foram operados. A seguir, confira uma lista com nove robôs cirurgiões que vão te surpreender.

Leia mais:

1. Sistema Endoluminal Cirúrgico

robô Sistema Endoluminal Cirúrgico endo quest
Reprodução: EndoQuest

A empresa EndoQuest Robotics inovou no campo da cirurgia robótica ao desenvolver um método único de operação, chamado Sistema Endoluminal Cirúrgico. A máquina possibilita aos profissionais da saúde uma cirurgia gastrointestinal –– nas zonas superiores e inferiores –– menos invasiva do que as convencionais por meio de atuações via transoral (boca) ou transanal (ânus).

Os braços prometem alta flexibilidade e navegação eficiente dentro das curvaturas anatômicas dos pacientes, além do uso de instrumentos que reproduzem uma técnica de operação similar à cirurgia convencional com duas mãos.

publicidade

2. MONARCH

A companhia Johnson & Johnson ficou bastante conhecida pelo desenvolvimento de produtos cosméticos para bebê, e mais recentemente por contribuir para a produção de vacinas contra o Covid-19. Contudo, o que poucos sabem é que a firma também investe em cirurgias robóticas, como é o caso da Plataforma MONARCH.

A MONARCH utiliza a estratégia de visão que geralmente vemos em cirurgias endoscópicas e a navegação assistida por computador para auxiliar em procedimentos de broncoscopia diagnóstica ou terapêutica. Ou seja, ela acessa, diagnostica, e trata com alta precisão condições como nódulos pulmonares periféricos pequenos, que costumam ser de difícil acesso.

3. Hinotori

hinotori robot
Reprodução: Medicaroid

O robô cirurgião Hinotori, desenvolvido pela Medicaroid, foi projetado para performar abordagens tão sensíveis e assertivas quanto um cirurgião renomado com anos de experiência. A máquina fornece braços com até oito eixos, os quais se movem em movimentos suaves, o que pode evitar erros que ponham a vida do paciente em risco. O Hinotori é tido como o primeiro robô cirurgião desenvolvido e aprovado pelo Japão.

4. Anovo

neuroblate robô
Reprodução: MONTERIS MEDICAL

É uma ferramenta robótica com braços cirúrgicos, desenvolvida para realizar operações ginecológicas transvaginais, como a histerectomia benigna. Foi aprovado para utilização pelo órgão regulador estadunidense (FDA) e proporciona design humanoide, flexibilidade sobre-humana e uma articulação com angulação total de 360º. Além disso, o sistema foi construído para ocupar pouco espaço, o que deve facilitar o seu manuseio, armazenamento, e esterilização.

5. NeuroBlate

A NeuroBlate, da Monteris Medical, detêm ferramentas termoterápicas para neurocirurgias. Ou seja, faz uso da mudança de temperatura nos tecidos do cérebro para garantir o tratamento local. Ela se propõe a ser minimamente invasiva, com funcionamento à laser e tecnologia de ablação cirúrgica guiada por ressonância magnética. A operação é indicada para quadros de tumores, por exemplo, em que antes seria necessária abrir a cabeça do paciente para tratá-lo.

6. Yomi

O robô Yomi, da Neocis, foi uma das primeiras máquinas a realizarem cirurgias dentárias. Ele proporciona operações como implantes e elimina a necessidade de guia cirúrgico enquanto o procedimento é realizado, além de manter a mesma precisão e eficácia. Com a utilização do Yomi, as chances de haver um desvio da broca ou uma perfuração excessiva (além da profundidade adequada) são ínfimas, o que evita o prejuízo de nervos e cavidades sinusais.

7. Epione

epione robot Quantum Surgical
Reprodução: Quantum Surgical

A ferramenta Epione garante um tratamento minimamente invasivo em operações oncológicas. Ademais, o robô foi desenvolvido para garantir aos cirurgiões a escolha de diferentes abordagens ablativas (como radiofrequência, micro-ondas, crioablação, eletroporação irreversível), a fim de colaborar na decisão correta para o tratamento individual do paciente.

8. CORI

O robô CORI, da Smith+Nephew, é uma ferramenta de design portátil e indicada para a especialidade de Ortopedia. A máquina é controlada pelo cirurgião e promete um mapeamento inteligente (embora sem imagem), planejamento e avaliação de lacunas em tempo real, alinhamento e equilíbrio de implantes para artroplastia total e parcial do joelho.

9. CARLO

O CARLO é um robô indicado para cortes precisos e difíceis, pois é um Laser Osteotome capaz de cortar os ossos com alta precisão e em qualquer geometria desejada. Essa ferramenta funciona mediante um laser de ablação a frio com tecnologia inovadora, a qual mistura um software inteligente, robótica, e navegação.

Com informações: Escatec.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!