Desde guardar informações de um dispositivo de forma segura até armazenar lembranças fotográficas, mensagens e outros arquivos, o backup facilita a vida de todos. Em 31 de março, é comemorado o Dia Mundial do Backup.

Leia mais:

Importância do backup

O backup é essencial para todos que usam dispositivos, como celulares e computadores.

A prática significa salvar informações e arquivos em uma memória. Armazenando fotos, vídeos e documentos importantes de forma segura e sincronizada, os usuários se protegem de eventuais perdas, inclusive financeiras, e podem organizar periodicamente as informações que precisam ser mantidas, para fácil acesso e identificação.

publicidade

Se o usuário ou empresa possui dados valiosos, é fundamental que eles estejam guardados em mais de um lugar.

Iuri Santos, gerente de Tecnologia da Kingston no Brasil.

Dicas para manter seu backup em dia

  • Manualmente: copie os arquivos para um SSD externo (ou seja, um HD externo) ou um pendrive, ou faça upload para um servidor em nuvem. Não se esqueça de, posteriormente, desconectá-lo do seu dispositivo.
  • Automático: se o usuário não quiser realizar o backup manual regularmente ou depender de pacotes de armazenamento de dados, existem aplicativos e programas que o fazem automaticamente — de acordo com o calendário programado e a prioridade de arquivos a serem guardados.
  • Se o usuário não possuir internet no dispositivo, é recomendado que use os métodos de backup para discos externos, como o HD e pendrive.
  • Use mais de um método! Para não correr o risco de um dos métodos falhar, utilize mais de uma forma de guardar seus dados.
  • Upload espelhado: essa é uma prática usada por empresas nos servidores e consiste em salvar todos os documentos em dois SSDs separados, para que tudo que esteja guardado em um, também esteja em outro. Assim, você se previne de falhas de hardware ou ataques de hackers em um dos discos.

Boas práticas

Organização, sempre! Confira as melhores práticas para manter seu backup em dia e organizado.

  • Tenha certeza de que as informações estão armazenadas em mais de um lugar.
  • Organize os documentos e arquivos em pastas por categorias, temas ou datas que façam sentido para identificação, posteriormente.
  • Crie uma rotina de backup manual e configure um backup automático para fazê-lo regularmente.
  • Exclua arquivos repetidos; isso diminui o espaço que os arquivos ocupam e possibilitam o armazenamento de mais documentos.

Com informações de Kingston Brasil.

Imagem: farm/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!