A maré não está boa para o TikTok. Desta vez, a rede social chinesa foi alvo de multa multimilionária por descumprir a lei de proteção de dados do Reino Unido. Segundo a decisão dos reguladores, a empresa da ByteDance terá que pagar 12,7 milhões libras (quase R$ 80,6 milhões na cotação atual) para resolver o caso.

O que dizem as autoridades

  • As autoridades relatam que o TikTok não adotou medidas convincentes para que apenas usuários com mais de 13 anos acessem a plataforma.
  • Para piorar, o aplicativo de vídeos teria usado dados de menores sem a autorização dos pais, violando o código britânicos de proteção de dados de crianças.
  • Em vigor desde setembro de 2021, o código foi criado justamente para impedir que crianças sejam expostas a conteúdos inapropriados na internet.

Resposta do TikTok

Um representante disse ao portal britânico The Telegraph que não concorda com a decisão e a empresa pode recorrer. Resta saber quais serão os próximos capítulos de mais um embate envolvendo o nome da rede social.

Leia mais:

publicidade

TikTok será banido de dispositivos do governo na Austrália

A Austrália também confirmou que vai banir o TikTok de todos os dispositivos ligados ao governo. O primeiro-ministro, Anthony Albanese, concordou com a proibição após revisão do tema com o departamento de Assuntos Internos. 

O país entra para a crescente lista de governos que estão bloqueando o acesso ao aplicativo chinês por questões de segurança — até agora, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Canadá, Bélgica, França, Escócia e a Comissão Europeia já abraçaram a ideia.

Imagem principal: DANIEL CONSTANTE/Shutterstock

Com informações do Uol

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!