O lançamento da Starship foi adiado nesta segunda-feira (17) devido a um problema técnico ainda envolvendo o congelamento de uma válvula de pressurização. No momento, ainda não há uma data para uma nova tentativa de lançamento e antes mesmo da contagem regressiva, o bilionário Elon Musk, CEO da empresa espacial, já tinha pedido para os entusiastas segurarem as expectativas,

Neste sábado (16), um dia antes da primeira data, Musk disse que as chances do lançamento não ocorrer no dia previsto eram consideráveis.“Este é um voo muito arriscado. Isso não é algo certo”, escreveu.

O bilionário ainda afirmou que sua principal preocupação é referente ao risco da Starship explodir na plataforma e danificar a Starbase, localizada no Texas, e que demorou para conseguir a autorização de lançamento.

Provavelmente levaríamos vários meses para reconstruir a plataforma de lançamento. Então, minha maior esperança é, por favor, que o destino sorria para nós e limpemos a plataforma de lançamento antes que algo dê errado

Elon Musk

O CEO da empresa ainda disse que esta segunda não deveria ser o dia em que a Starship seria lançada em seu primeiro teste quase orbital. “Talvez o segundo seja ou talvez o terceiro seja, mas amanhã provavelmente não será bem-sucedido, se por sucesso se quer dizer atingir a órbita”.

publicidade

Mas você deve estar se perguntando, se o CEO da empresa não acreditava no sucesso do lançamento, então qual motivo da tentativa? Musk sempre defende que esses testes, mesmo que não aconteçam, são importantes para que os eventuais problemas sejam encontrados e que novas soluções sejam criadas.

Se obtivermos qualquer informação que nos permita melhorar o design das próximas versões da Starship, será um sucesso

Elon Musk

Leia mais:

Musk confirma adiamento da Starship

Após longos meses de expectativa, a SpaceX realizaria o primeiro teste de voo integrado de seu megafoguete totalmente reutilizável chamado Starship nesta segunda-feira (17). No entanto, um problema técnico detectado no veículo provocou o adiamento da operação.

O megafoguete Starship posicionado na plataforma de lançamento 30 minutos antes do que seria a decolagem. Crédito: SpaceX

Com 120 metros de altura, o maior veículo espacial já construído na história da humanidade – e o mais poderoso de todos os tempos – estava posicionado em uma plataforma na Starbase, a base de lançamento da empresa em Boca Chica, no Texas, quando a contagem regressiva foi interrompida, a apenas 40 segundos da decolagem.

De acordo com Musk foi detectada uma falha em uma válvula de pressurização.

“Uma válvula de pressurização parece estar congelada, portanto, a menos que comece a operar em breve, não há lançamento hoje”, publicou o empresário no Twitter.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!