O headset misto de realidade virtual e realidade aumentada (VR/AR) da Apple, aguardado há muito tempo, pode ser compatível com versões adaptadas de aplicativos do iPad, revelou a Bloomberg. A nova interface de realidade mista permitiria aos usuários acessar milhões de aplicativos já disponíveis na App Store. A empresa estaria trabalhando em versões otimizadas de aplicativos conhecidos e explorando novas áreas, como esportes e jogos, para tornar o dispositivo atraente.

Leia mais:

Claro, estamos falando de mais um rumor sobre o futuro produto da Apple. Enquanto seus detalhes estão guardados a sete chaves pela empresa, já temos uma quantidade razoável de informações circulando pela internet.

O mais recente vazamento dado pela Bloomberg é uma ótima notícia. Afinal, óculos e headsets VR ainda estão em um nicho bem específico no mercado e possuem usos limitados. Por outro lado, um monte de ótimos aplicativos pode ajudar a tornar atraente um gadget que deve ser muito caro em uma categoria de dispositivos extremamente específica.

publicidade

Apps do iPad, jogos e muito mais no headset VR/AR da Apple

A seguir, veremos alguns dos aplicativos que você pode esperar no headset VR/AR da Apple, segundo a publicação da Bloomberg:

Imagem conceitual de como seria um headset de realidade virtual da Apple, segundo designer italiano. Imagem: Antonio Della Rosa/Acervo pessoal

A Apple está trabalhando em versões “otimizadas” de aplicativos. Alguns exemplos são o Safari e muitos dos aplicativos principais que você já pode estar familiarizado no iPhone, incluindo “serviços da Apple para calendários, contatos, arquivos, controle de casa, correio, mapas, mensagens, notas, fotos e lembretes, bem como seus aplicativos de música, notícias, ações e clima.”

Haverá também versões de headset do FaceTime e da Apple TV com recursos que “se parecerão com suas contrapartes do iPad.” A Apple está, aparentemente, testando ainda um aplicativo de câmera, que pode permitir que você tire fotos usando as muitas câmeras especuladas que virão no headset.

Você poderá ler livros em VR com o Apple Books e meditar com um aplicativo. Uma versão compatível com headset do seu novo aplicativo Freeform pode permitir que você colabore com outras pessoas em realidade mista.

O Freeform não será o único aplicativo de produtividade: o headset também aparentemente suportará Pages, Numbers, Keynote, iMovie e GarageBand. A Apple deseja tornar a visualização de esportes uma “experiência mais rica”, que poderia utilizar a tecnologia adquirida quando comprou a NextVR. Por fim, os jogos serão “uma peça central do apelo do dispositivo”.

Vale destacar que os aplicativos do headset podem não ser a única coisa que pode lembrá-lo do iPad; a tela inicial e o Centro de Controle também parecerão com os do iPad, segundo a Bloomberg.

A Apple deve finalmente anunciar o headset na Worldwide Developers Conference deste ano, que começa em 5 de junho. O dispositivo supostamente custará cerca de US$ 3.000, mas pode ser um gadget realmente incrível, com recursos especulados como rastreamento avançado de mãos, digitalização de íris para logins e pagamentos, e uma coroa digital que você gira para alternar entre a realidade virtual.

loja apple
Reprodução: Laurenz Heymann/Unsplash

Resumindo: o que podemos esperar do headset da VR da Apple?

  • Headset da Apple poderá executar versões adaptadas de aplicativos do iPad
  • Interface de realidade mista possibilitará acesso a milhões de aplicativos da App Store
  • Aplicativos otimizados incluirão Safari, calendários, contatos, arquivos, controle de casa, correio, mapas, mensagens, notas, fotos e lembretes, além de aplicativos de música, notícias, ações e clima
  • Versões de headset do FaceTime e Apple TV terão recursos semelhantes às suas contrapartes do iPad
  • Apple testa aplicativo de câmera para tirar fotos com várias câmeras do dispositivo
  • Leitura de livros em realidade virtual com Apple Books e aplicativo de meditação
  • Colaboração em realidade mista com versão compatível com headset do aplicativo Freeform
  • Suporte para aplicativos de produtividade, como Pages, Numbers, Keynote, iMovie e GarageBand
  • Experiência mais rica ao assistir esportes utilizando tecnologia adquirida da NextVR
  • Jogos serão parte fundamental do apelo do dispositivo
  • Tela inicial e Centro de Controle semelhantes aos do iPad

Fonte: Bloomberg

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!