Os óculos são um acessório importante para melhorar a visão de muitas pessoas, mas as lentes deste objeto também podem oferecer outras funções além de aprimorar a qualidade visual. Isso porque as lentes com filtro de luz azul conseguem repelir a iluminação artificial proveniente de aparelhos eletrônicos, como PC e celular, que causam ressecamento e cansaço visual. Estas lentes são prescritas pelos médicos oftalmologistas e podem ajudar vários públicos-alvo. A seguir, confira como os óculos com proteção à luz azul funcionam.

Leia mais:

Como as lentes dos óculos filtram a luz azul?

Óculos com lentes laranjas ajudam a filtrar a luz azul
Reprodução: Microgen / Shutterstock

De início, é importante ressaltar que toda tela de aparelho eletrônico produz uma luz artificial, muito conhecida pelo nome de “luz azul”. Esta iluminação pode causar, a longo prazo de exposição, o cansaço nos olhos (fadiga visual) e compromete a experiência do usuário durante a utilização de periféricos como PC e celular. Isso acontece porque as pessoas ficam muito tempo e muito perto dos objetos luminosos, o que cansa os olhos.

Nestes casos, os médicos oftalmologistas podem sugerir o uso de óculos com filtro de luz azul. Independente de o paciente já ter um óculos de grau ou não, estas lentes especiais podem ser incolores e agem como verdadeiros escudos de proteção para barrar total ou parcialmente a luz azul: a iluminação é emitida do aparelho com tela luminosa, atinge as lentes e é repelida imediatamente. Uma vez que a luz azul é desviada pelas lentes com este filtro, é provável que o usuário sinta menos cansaço visual. Embora adotar alguns hábitos simples também seja interessante, como fazer pausas, prestar atenção no índice de brilho das telas, e repousar.

publicidade

Então, de forma geral, estas lentes possuem filtros específicos em sua superfície ou já presentes na construção, que barram a entrada da luz azul e podem deixar a visão do usuário um pouco mais amarelada –– o que pode relaxar a visão e prevenir o cansaço visual excessivo. Vale destacar, novamente, que os óculos precisam ser prescritos pelos médicos, pois os profissionais precisam averiguar a sua rotina para atestar a necessidade de incluir essas lentes.

Outro fator positivo das lentes com filtro de luz azul é a contribuição para a rotina do sono. Isso porque a luz azul, que também é emitida pelo sol, dificulta a produção do hormônio Melatonina, responsável pelo sono. Em outras palavras, quanto mais tempo você estiver exposto à luz azul durante o período da noite (pelos eletrônicos), mais difícil pode ser pegar no sono, pois a incidência desta iluminação atrapalha a produção da Melatonina; contudo, aqueles que detém as lentes com filtro devem produzir o hormônio normalmente durante a noite, o que influencia positivamente no ciclo do sono.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!