A Alaska Airlines entregou oficialmente à ZeroAvia, empresa especializada em soluções de propulsão elétrica a hidrogênio, um avião modelo Bombardier Q400 com capacidade para 76 passageiros para que possa ser reformado com tecnologia de emissão zero, como prometido há anos.

A empresa agora pode avançar com seus planos de testar voos do avião a hidrogênio antes do que se imaginava, graças aos avanços em sistemas de motores modulares.

publicidade

Leia mais:

A ZeroAvia já possui três certificados experimentais para aeronaves protótipos da Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido e da Administração Federal de Aviação dos EUA. Ela tem como objetivo a comercialização de aviões elétricos a partir de 2025, com um alcance de 482 km (300 milhas) e capacidade para 9 a 19 passageiros.

publicidade
  • A ZeroAvia planeja voos com aviões maiores com capacidade para 40 a 80 passageiros e alcance mais de 1.000 km (700 milhas) até 2027.
  • A empresa recebeu um avião Dornier 228 bimotor em janeiro de 2022 da Alaska Airlines.
  • A ZeroAvia aguardava a entrega do Q400 prometido pela Alaska Airlines desde outubro de 2021.
  • A empresa obteve permissão para realizar testes de voo no Reino Unido.
  • Durante a cerimônia de entrega, a ZeroAvia apresentou sua plataforma de testes em solo chamada de “HyperTruck”.
  • O sistema consiste em dois módulos de motor HyperCore modulares que operam a 20.000 rpm e fornecem densidade de potência do motor de 15 kW/kg.
  • A modularidade do projeto de sistema HyperCore permite aplicações de aviação de emissão zero de 900kW até 5.4MW.
  • A ZeroAvia compartilhou que o sistema HyperCore tem o potencial de propelir o avião Dash 8-400 elétrico de 76 assentos, talvez já no próximo ano.

Este avião será o maior do mundo a receber um sistema de motor elétrico a hidrogênio. Atualmente, esse título pertence ao HyFlyer II, um Dornier Do 228 de dois motores e 19 assentos modificados pela ZeroAvia. A mesma empresa também está trabalhando na conversão de uma aeronave Cessna Caravan, em parceria com o grupo Textron.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!