O influenciador Dario Centurione, dono do perfil Almanaque SOS, revelou em suas redes sociais que sua voz foi clonada utilizando Inteligência Artificial (IA) para aplicar um golpe. Os criminosos enviaram uma mensagem ao pai do criador de conteúdo pedindo dinheiro e ele enviou R$ 600, via transferência Pix.

Leia mais:

O que aconteceu no golpe

Após ser contatado por telefone, o pai de Dario Centurione realizou a transferência bancária solicitada.

O filho acredita que os golpistas utilizaram os vídeos publicados por ele na internet para criar algo como um banco de dados da sua voz. Assim, eles podem ter usado aplicativos e ferramentas de IA para aproveitar os áudios e transformá-los em frases personalizadas, para imitar a fala do influencer.

publicidade

Veja o vídeo do influencer

Dario Centurione, então, usou suas redes sociais para alertar sobre o golpe.

@almanaquesos

Cuidado com o golpe que imita voz (Inteligência Artificial), crie agora uma PALAVRA CHAVE #AprendaNoTikTok #EuTeEnsino AgoraVoceSabe

♬ som original – Almanaque SOS

Copiar a voz de alguém com IA é possível?

  • Especialistas ouvidos pelo Tilt explicam que é, sim, possível copiar a voz de uma pessoa utilizando IA.
  • Segundo o coordenador do Curso de Engenharia de Computação da ESEG — Faculdade do Grupo Etapa —, isso requer um conhecimento avançado de programação, mas não é difícil encontrar ferramentas que simplifiquem o processo.
  • Para copiar a voz, os golpistas podem utilizar tecnologias do tipo deepfake, em que é possível manipular imagens e áudios para dificultar a distinção daquela versão para a real.
  • Euclides Lourenço Chuma, do Instituto dos Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE), destaca que, quanto melhor a qualidade do áudio ou da imagem original, melhor o resultado da manipulação.
  • Então, a IA é aplicada para aprender com esse áudio e gerar novos arquivos a partir dele.
Nunca faça transferências bancárias sem, antes, contatar a pessoa ou empresa solicitante (Imagem: fizkes/ Shutterstock)

Golpe da IA é comum: como se proteger?

  • O golpe não é novo e, nos Estados Unidos, diversas ocorrências foram registradas.
  • O número não foi divulgado, mas foi o suficiente para a FTC (Federal Trade Comission), órgão regulador do comércio no país, divulgar um alerta de que tudo o que o golpista precisa é de um trecho da voz.
  • Para se proteger, desconfie sempre das mensagens “urgentes”.
  • Se o contato vier de uma empresa, faça contato com ela por outros canais oficiais de comunicação para validar se a informação é verdadeira.
  • Para identificar pessoas conhecidas, converse sobre assuntos que só aquela pessoa saberia responder e, se possível, faça uma ligação ou chamada de vídeo confirmando o pedido.
  • Antes de qualquer transferência, sempre confira a identidade da pessoa que receberá.
  • Não clique em links desconhecidos ou suspeitos recebidos por mensagens e e-mail.

Com informações de Tilt

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!