Quase todo mundo já passou por pelo menos uma vez na vida a experiência de lidar com um computador com sistema Windows afetado por um vírus.

O Olhar Digital separou algumas dicas de segurança e um passo a passo de como se ver livre dos ataques no computador.

Leia mais:

Vírus no computador

Assim sendo, o vírus nada mais é que um software malicioso instalado a partir de diversas fontes possíveis. Por exemplo, um vírus pode entrar por meio de um anexo de e-mail, um pen-drive, um banner de anúncio online ou até mesmo por meio de um aplicativo pirata que o usuário possa ter instalado no seu computador.

publicidade

A princípio, essa malware, uma vez em contato com a máquina em questão pode se multiplicar, corromper arquivos pessoais e até mesmo o sistema operacional do computador. Além disso, existem também a possibilidade de haver o roubo de dados pessoais como senhas de cartão e de mídias sociais.

Quando um malware não tem a sua remoção imediata, pode a máquina inutilizável pela lentidão e excessos de instalações. A forma mais eficaz de combatê-lo é utilizando um software antivírus, o qual irá realizar varreduras em todos os arquivos da máquina a fim de identificar as ameaças e neutralizar as mesmas.

Em resumo, é importante que o antivírus esteja sempre ativo e atualizado para a máquina estar sempre segura e fora do alcance desses invasores cibernéticos.

Identificando um vírus

Primeiramente, sabe-se que durante o uso da máquina é possível identificar alguns sinais de que o computador esteja infectado por algum tipo de malware.

Entre os muitos existentes, podemos citar:

1-Ao usuário fazer um download de um programa de origem desconhecida ou tenha clicado em algum link de procedência duvidosa.
2-O navegador começa a exibir muitos pop-ups, sites e extensões;
3-Lentidão no sistema;
4-Configurações diferentes do padrão;
5-O superaquecimento do computador;
6-Ventoinhas em alta rotação;

Removendo o vírus do Windows

Entre as muitas ferramentas disponíveis, podemos citar uma que é nativa do próprio sistema da Microsoft. O Windows Defender.

Em suma, com essa ferramenta, o próprio sistema começa em caso de exposição a algum malware a combater o vírus e outras ameaças existentes no computador. 

Prova da qualidade dessa ferramenta, é que conforme o site especializado Av Test, eles afirmaram por meio de um selo de aprovação que o Microsoft está com as notas Entre 17 a 18 pontos.

Passo a passo

Inicie o processo

O usuário deve primeiramente abrir o software de segurança do Windows. Em seguida precisa clicar em “Proteção contra vírus e ameaças”.Imagem mostrando o passo inicial para ativar o antivírus nativo do windows

Fazendo a varredura e limpeza

O usuário nesta etapa deve pressionar o botão de varredura clicando em ‘Verificação rápida”. Logo após, se o antivírus encontrar alguma ameaça o usuário deve seguir os passos indicados colocando o arquivo em questão em quarentena ou removê-lo diretamente.Imagem mostrando etapa de verificação quando encontra alguma ameaça de vírus

Vale ressaltar que o painel do Windows Defender, possui também opções de firewall, para assim proteger a conexão com a Internet, a segurança do dispositivo e a proteção das contas cadastradas.

Como remover vírus do PC com antivírus

Imagem mostrando tela do antivírus AVG
O AVG é o antivírus mais utilizado entre os usuários de Windows. (Imagem: Lucas Gabriel MH)

Para remover um vírus usando o AVG, você pode seguir os seguintes passos:

´Primeiramente certifique-se de que o AVG esteja instalado e atualizado em seu computador. Se você ainda não tiver o AVG instalado, faça o download e instale a versão mais recente do site oficial.

  1. O usuário deve abrir o antivírus em seu computador. O pode ícone do AVG pode ser encontrado na barra de tarefas ou no menu Iniciar.
  2. Na interface do AVG, clique na opção “Proteção contra vírus” ou “Verificação”. O nome exato pode variar dependendo da versão do AVG que você está usando.
  3. Selecione o tipo de verificação que você deseja executar. O AVG oferece diferentes opções, como “Verificação Rápida”, “Verificação Completa” ou “Verificação Personalizada”. Recomenda-se realizar uma verificação completa para garantir que todos os arquivos sejam verificados.
  4. Inicie a verificação clicando no botão “Iniciar” ou “Verificar”. O Avast começará a examinar seu sistema em busca de vírus e malware.
  5. Aguarde até que a verificação seja concluída. O tempo necessário dependerá do tamanho do disco rígido e da quantidade de arquivos a serem verificados.
  6. Após a conclusão da verificação, o AVG exibirá os resultados. Se algum vírus ou malware for encontrado, o AVG oferecerá opções para removê-los ou colocá-los em quarentena.
  7. Selecione a opção apropriada para remover ou colocar em quarentena os arquivos infectados. Recomenda-se remover os arquivos infectados para evitar futuras infecções.
  8. Após a remoção ou quarentena dos arquivos infectados, reinicie o seu computador para garantir que todas as alterações sejam aplicadas corretamente.

Vale ressaltar

É importante manter o AVG e suas definições de vírus sempre atualizados para garantir uma proteção eficaz contra ameaças. Além disso, lembre-se de navegar na internet com cautela, evitar clicar em links ou baixar arquivos suspeitos e manter um bom hábito de segurança cibernética.