Pela primeira vez, os Estados Unidos superaram a Europa em termos de adoção de carros elétricos. Segundo a Counterpoint, o consumo americano de elétricos no primeiro trimestre de 2023 aumentou em 79% quando comparado ao ano anterior.

Ultrapassando a Alemanha, os EUA agora são segundo maior mercado de carros elétricos do mundo – perdendo apenas para a China. Os créditos fiscais de EVs oferecido para os estadunidenses podem ter desempenhado papel fundamental nessas vendas de elétricos — aumentando a venda de veículos de uma forma geral.

Leia mais:

As vendas de elétricos dispararam mesmo em cenários onde as vendas de carros com motor a combustão estavam estáveis, destaca a Counterpoint. Veja as principais marcas e modelos vendidos nesse período:

publicidade
  • Surpreendendo ninguém, topo das vendas é liderado pela Tesla, com 62,7% das vendas de veículos elétricos no primeiro trimestre, e com o Model Y e o Model 3 no primeiro e segundo lugar;
  • Em seguida vem a GM, com o Bolt EUV e o Bolt regular, com 7,6% do mercado;
  • A Volkswagen alcançou  6,3% de vendas com o ID.4;
  • Quanto aos modelos híbridos plug-in, a Stellantis tem quase 43,9%, enquanto a BMW alcançou 16,1%.

A Counterpoint demonstra otimismo com as vendas de veículos nos EUA nos próximos anos. Por mais que as regras que qualificam os créditos fiscais tenham sido revisadas, a iniciativa ainda deve influenciar na demanda. Além disso, os altos investimentos das montadoras no cenário americano de automação também geram expectativas com os elétricos do futuro.

Com informações de Engadget

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!