O TikTok anunciou que vai oferecer uma ferramenta de controle parental, para que os pais selecionem quais vídeos podem aparecer no perfil dos filhos. O recurso faz parte do plano Family Pairing e permite que os responsáveis vinculem suas contas às dos filhos e alterem as configurações de conteúdo e privacidade. Segundo a empresa, essa medida é para evitar que os jovens “visualizem conteúdos que eles possam achar chocantes”.

Leia mais:

publicidade

Como os pais podem controlar o TikTok

  • A medida faz parte do pacote Family Pairing e está sendo desenvolvida desde março.
  • Por meio desse recurso, os responsáveis podem acessar as configurações da conta dos jovens e adicionar hashtags e palavras-chave associadas aos conteúdos que eles querem ou não querem ver no feed.
  • Isso serve para prevenir que os filhos vejam “conteúdos chocantes”. Também protege a página “Para Você” e “Seguindo” dos usuários.
  • O recurso está disponível para responsáveis de jovens entre 13 e 17 anos.
Pais podem adicionar quais conteúdos filhos poderão ver através de palavras-chave e hashtags (Foto: TikTok/Reprodução)

O que o TikTok diz

Para implementar o recurso, o TikTok trabalhou junto de especialistas e um grupo de proteção a jovens e famílias, para entender como melhor filtrar conteúdos nocivos.

Para adaptar esse recurso para o Family Pairing, nos envolvemos com especialistas, incluindo o Family Online Safety Institute, sobre como encontrar um equilíbrio entre permitir que as famílias escolham a melhor experiência para suas necessidades e, ao mesmo tempo, garantir o respeito aos direitos dos jovens de participar do mundo online.

TikTok, em postagem de blog

Além disso, a empresa também anunciou que está criando um conselho dedicado à experiência dos jovens na rede social. O grupo vai avaliar depoimentos dos usuários para entender quais mudanças podem ser feitas para tornar a plataforma mais segura.

publicidade
TikTok também oferece outros recursos personalizados, como o tempo de tela (Foto: TikTok/Reprodução)

Outros recursos do TikTok

  • Além do controle parental, o TikTok também tem outros recursos que limitam o uso por parte dos jovens.
  • Um deles é a configuração de tempo de tela, que definiu que cada adolescente pode ficar no app por 60 minutos. Depois desse tempo, eles devem inserir uma senha para liberar o feed de volta.
  • No entanto, o CEO do TikTok, Shou Zi Chew, não tem números exatos para comprovar se a ferramenta funciona em impedir que os jovens fiquem compulsoriamente no celular.
  • Posteriormente, a rede social revelou que três a cada quatro jovens obedecem ao limite diário.

Com informações de Tech Crunch

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!