A Meta, dona do Facebook, Instagram e WhatsApp, lançou uma nova rede social, o Threads. Com formato de microblogging, a nova plataforma busca rivalizar com o Twitter, adquirido pelo bilionário Elon Musk no ano passado.

Leia mais:

O que você, leitor do Olhar Digital, acha do novo embate de redes sociais? Opine na enquete abaixo se o Threads pode substituir o Twitter ou não, ou se existe espaço para ambas.

O que você precisa saber sobre o Threads

Threads no iPhone (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Threads no iPhone (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
  • O Threads é a resposta do Instagram para o Twitter; 
  • Ainda em junho, a Meta já havia detalhado como seria a nova rede social focada em texto; 
  • O app é baseado no Instagram e integrado ao ActivityPub, protocolo de mídia social descentralizado; 
  • Será possível seguir e interagir com usuários de outros serviços, como o Mastodon — rede descentralizada que opera de maneira independente; 
  • De acordo com Mosseri, assim como no Twitter, os usuários também poderão repostar tópicos individuais; 
  • Inicialmente, a Europa não receberá o app devido regras mais rígidas de privacidade de dados da UE.
  • Apenas duas horas após ser liberado nas lojas de aplicativos, o Threads já contava com 2 milhões de usuários;
  • Em sete horas, o número cresceu para 10 milhões;
  • Na tarde de quinta-feira (6), a rede social atingiu cerca de 30 milhões de inscrições, cerca de 17 horas após ser disponibilizado;
  • Em aproximadamente 24 horas, a rede social alcançou 50 milhões de usuários.

Após o lançamento, Mark Zuckerberg, CEO da Meta, anunciou que a ambição da rede social é alcançar 1 bilhão de pessoas, algo que o Twitter não conseguiu.

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!