Com a digitalização dos sistemas, é muito comum que os processos de documentação públicos sejam realizados mais frequentemente online. Dentre esses, podemos citar a emissão da 1ª ou 2ª via do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Dito isso, o Olhar Digital trouxe um passo a passo de como emitir a sua 1ª ou 2ª via do CPF.

Quem pode emitir o CPF online?

Qualquer pessoa que esteja nos requisitos estabelecidos pela Receita Federal pode realizar a emissão do CPF (Cadastro de Pessoa Física) online. Em resumo, tanto o cidadão brasileiro quanto o estrangeiro residente no Brasil podem solicitar o CPF online.

É importante destacar que menores de 16 anos devem estar representados pelos pais ou responsáveis legais para realizar a solicitação do CPF. Além disso, é necessário que o solicitante possua documentação válida, como RG (Registro Geral) ou outro documento de identificação aceito.

publicidade

No entanto, sempre recomendamos verificar as orientações específicas fornecidas pela Receita Federal do Brasil, uma vez que eles podem alterar os procedimentos e requisitos ao longo do tempo.

Como emitir a primeira via do CPF online

A Receita Federal não emite mais o cartão de CPF, como a grande maioria estava acostumada, desde 2010. Isso ocorre porque o número do CPF está disponível em outros documentos, como carteira de identidade e carteira de motorista (CNH). Com isso, O serviço online da Receita apenas emitirá um comprovante de inscrição que poderá ser impresso pelo usuário e reimpresso sempre que necessário.

Você pode realizar o processamento tanto pelo celular quanto pelo computador, utilizando o navegador, como o Chrome e o Safari.

  1. Entre na página de inscrição do site da Receita Federal

    No seu navegador, acesse o link correspondente ao seu caso: cidadão brasileiro residente no país, cidadão brasileiro residente no exterior ou cidadão estrangeiro.

  2. Preencha seus dados e envie

    Digite os dados como nome, data de nascimento, título de eleitor, sexo, naturalidade e nome da mãe e, em seguida, clique em “Enviar”.Imagem mostrando a ficha de inscrição para emissão do CPF

Todavia, se o preenchimento resultar na emissão de um protocolo, o cidadão deve apresentar os seguintes documentos em uma unidade da Receita Federal no Brasil ou no exterior, com horário agendado. Os documentos devem ser originais ou cópias autenticadas.

O que fazer, caso o sistema online não funcione?

Caso o sistema de emissão de documentos apresentar instabilidade ou estiver fora do ar, existe a possibilidade do cidadão ir até uma unidade conveniada para realizar o procedimento. Em suma, é importante frisar que neste caso poderá ser cobrado um valor de R$7 a R$10 reais dependendo de cada parceiro.

  • Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais;
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Correios.

É importante frisar que dentre os documentos que o cidadão deve levar para emitir o CPF em um parceiro conveniado está o título de eleitor e o comprovante de residência atualizado. Lembrando que o comprovante pode ser uma conta de luz, telefone ou até mesmo de cartão de crédito.

Imagem mostrando a tabela com dados de CPF
É importante seguir a risca todos os dados para preencher a solicitação de emissão do CPF.

Como tirar a segunda via do CPF online

  1. Vá até sua loja de aplicativos e busque por “Pessoa Física”; faça o download para o seu celular;
  2. Abra o aplicativo e insira o número do seu CPF, data de nascimento e clique em “Próximo”; Imagem do aplicativo do CPF online
  3. O aplicativo pedirá para piscar e sorria, até a Inteligência Artificial identificar a presença do usuário; logo depois será necessário o envio de uma selfie.

Após validação você terá o CPF no seu aparelho celular. Caso tenha CNH, o documento também será exibido.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!