Apesar dos baixos índices de vendas nos últimos meses, a GM (General Motors) segue otimista com os seus novos modelos elétricos. E afirma estar superando a crise do fornecimento de baterias elétricas, estimando ter “muito mais EVs sendo construídos no segundo semestre deste ano”.

Leia mais:

Enquanto essa desaceleração acontece, a montadora concentra seus esforços nos novos modelos elétricos construídos sob a Ultium EV.

O GMC Hummer EV, primeiro elétrico construído sobre essa plataforma, teve duas vendas no primeiro trimestre do ano e 47 no seguinte.

publicidade
  • Nos primeiros três meses, a GM vendeu mais de 20 mil exemplares de elétricos;
  • Já no trimestre seguinte, esse número caiu cerca de 20% – foram 15.652 vendas;
  • Entre eles, quase 14 mil eram modelos Chevy Bolt EV ou EUV;
  • Quanto ao Cadillac Lyriq, o segundo Ultium EV da montadora, foram vendidos 968 no primeiro trimestre e 1.348 no seguinte.

Aumento de produção de EVs da GM

Fachada do prédio da General Motors (GM) em Detroit, nos EUA
(Imagem: Linda Parton/Shutterstock)

O presidente da GM na América do Norte, Rory Harvey, afirmou que a capacidade da bateria aumentará no segundo semestre.

O executivo também disse que, pensando nisso, a montadora está “acelerando com a capacidade da bateria e ganhando impulso”.

Prevejo muito mais EVs sendo construídos no segundo semestre deste ano do que no primeiro semestre deste ano.

Rory Harvey

O CEO da GM disse que o aumento lento na produção dos elétricos é por conta da baixa capacidade do módulo de bateria.

Até então, as células de bateria da montadora são fornecidas por sua fábrica de baterias em Warren, Ohio que começou a operar em 2022. Outras três fábricas serão entregues até 2024.

Com informações de Electrek

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal