Entre os mais utilizados em todo mundo, conforme a revista americana Wired, o Chrome apresenta fácil usabilidade dentre diversos dispositivos. Além disso, oferece um pacote extenso de plug-ins que fazem desse navegador um verdadeiro canivete suíço de funcionalidades. Porém, nem sempre ele pode apresentar um bom funcionamento: travando, por exemplo, nas horas mais complicadas, como no momento do home office.

O Olhar Digital preparou um passo a passo de como resolver essas questões do Chrome de forma rápida e eficiente.

Leia mais:

Motivos para o Chrome travar

O Google Chrome pode travar durante o uso devido a várias razões. Aqui estão algumas das possíveis causas:

publicidade

Extensões ou plug-ins problemáticos:

Extensões e plug-ins instalados no Chrome podem entrar em conflito com o navegador ou com outros complementos, gerados em travamentos. Desativar ou remover extensões extras, ou problemáticas pode ajudar a resolver o problema.

Problemas de memória ou recursos:

A saber, o Chrome consome recursos do sistema, especialmente memória RAM. Além disso, se você tiver muitas abas abertas ou estiver executando outros programas pesados ​​ao mesmo tempo, pode ocorrer um travamento devido à falta de recursos. Em resumo, fechar abas desnecessárias ou reiniciar o navegador pode liberar recursos e resolver o problema.

Problemas de cache ou dados incompletos:

O armazenamento em cache do Chrome pode acumular dados incompletos ou desatualizados ao longo do tempo, o que pode levar a trabalhos. Limpar o cache e os dados de navegação pode ajudar a resolver esse problema.

Incompatibilidades com o sistema operacional ou drivers:

Em alguns casos, pode haver incompatibilidades entre o Chrome e o sistema operacional em uso, ou com drivers de hardware específicos. Atualizar o Chrome, o sistema operacional e os drivers para as versões mais recentes pode resolver problemas de compatibilidade.

Malware ou programas externos:

Infecções por malware ou presença de programas externos podem causar trabalho no Chrome. Executar uma verificação completa de segurança com um software antivírus atualizado e removedor de qualquer ameaça podem ajudar a solucionar esse problema.

Deletando extensões problemáticas

  1. Indo até extensões

    A princípio entre em ‘Configurações’ e clique em ‘Extensões’;

  2. Visualizando as extensões instaladas

    Em seguida, nesta página, é possível o usuário visualizar as extensões instaladas;

  3. Removendo extensões indesejadas

    Para excluir uma extensão basta o usuário clicar em remover na extensão indesejada;Imagem mostrando as extensões do Chrome

Atualizando o Google Chrome

Com essa opção, o usuário conseguirá manter o navegador em sua versão mais recente. Assim sendo, acaba trazendo mais segurança quanto aos dados do equipamento.

  1. A saber, entre em ‘Configurações’;
  2. No menu ao lado direito, desça até ‘Extensões’ e em seguida clique em ‘Sobre o Google Chrome’;
  3. Em resumo ao chegar nesta página, o próprio sistema do navegador irá avisar se o mesmo encontra-se atualizado ou não; Imagem mostrando tela de atualização do Chrome

Usando o recurso de pré-carregar

Este recurso torna mais ágil o acesso em determinados sites e economiza processamento do equipamento. Em suma, evitando assim que o computador trave durante a navegação pela internet.

  1. Entre em ‘Configurações’;
  2. No menu ao lado direito, clique em Avançado;
  3. Clique em Privacidade e segurança e depois em “Cookies e outros dados do site”;
  4. Habilite a configuração pré-carregar -carregar páginas para possibilitar navegação e pesquisa mais rápidas; Imagem mostrando o recurso de pré-carregar

Habilitando a busca por softwares nocivos

Basicamente, ele vai pré-carregar a página que você está visitando usando cookies que o Chrome coletou durante visitas anteriores.

  1. Entre em ‘Configurações’;
  2. No menu ao lado direito, clique em Avançado;
  3. Clique em Redefinir e limpar;
  4. Clique em Limpar o computador;
  5. Na aba ‘Encontrar software nocivo’ clique em Buscar;
  6. Deixe habilitada a preferência “enviar ao Google detalhes sobre softwares nocivos, configurações do sistema e processos encontrados no seu computador durante a limpeza”; Imagem mostrando o processo de busca por vírus

Desativando a aceleração de hardware

Com esse procedimento, o equipamento rodará sites sem forçar as ferramentas gráficas do computador e assim não arriscará travar o navegador da Google.

  1. Entre em ‘Configurações’:
  2. Clique em ‘Avançado’;
  3. E desative a chave seletora ‘Usar aceleração de hardware quando disponível’; Imagem mostrando o processo de desativar a aceleração de hardware

Resetando as configurações do Google

A princípio, nesta opção o usuário além de retornar as configurações do navegador ao layout de fábrica da ferramenta, irá desativar a exibição, por exemplo, de anúncios irritantes em pesquisas ou deixando o sistema mais lento.

  1. Entre em ‘Configurações’;
  2. No menu ao lado direito, clique em Avançado;
  3. Vá em Redefinir e limpar;
  4. Clique em Restaurar configurações para os padrões originais;
  5. E confirme a ação tocando em Redefinir configurações;

Limpe imagens, arquivos e cookies armazenados em cache

A saber, delete o cache do navegador pode ser uma boa opção por deixar a ferramenta mais leve e fluída.

  1. Entre em ‘Configurações’
  2. No menu ao lado direito, clique em Avançado;
  3. Clique em Privacidade e segurança;
  4. Clique em Limpar dados de navegação;
  5. Selecione apenas imagens e arquivos armazenados em cache;
  6. Clique em Limpar dados. Imagem mostrando a opção de limpar os dados de navegação

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!