Sam Altman, CEO da OpenAI e principal mente por trás do ChatGPT, lançou oficialmente nesta segunda-feira (24) seu ambicioso projeto de criptomoeda, o Worldcoin. Em desenvolvimento há anos, a principal oferta do negócio é o World ID, que a empresa descreve como um “passaporte digital” que visa garantir que o titular é um ser humano real e não um bot de inteligência artificial, principal problema com a expansão da tecnologia. 

O que você precisa saber: 

  • Worldcoin é um projeto de criptomoeda biométrica desenvolvido pela Tools for Humanity; 
  • A empresa foi fundada em 2019 por Altman, Max Novendstern e Alex Blania; 
  • O World ID é um sistema de identificação global que funciona como meio de acessar a criptomoeda Worldcoin; 
  • Para ter o World ID e acessar a criptomoeda, o cliente precisa se inscrever e fazer uma leitura dos olhos, principal ponto de polêmica do projeto. Uma vez que a varredura da íris verifica que a pessoa é um ser humano real, ela cria um World ID; 
  • O objetivo é que o Worldcoin funcione como uma renda básica universal, em que cada pessoa no mundo teria direito a uma fatia de uma emissão pré-determinada de ativos; 
  • O projeto tem 2 milhões de usuários em seu período beta e, com o lançamento nesta segunda, a Worldcoin está ampliando as operações “orbitais” para 35 cidades em 20 países. 

Leia mais! 

O projeto explica que os World IDs são necessários na era dos chatbots de IA generativos, como o ChatGPT, devido essas plataformas produzirem uma linguagem semelhante à humana. Assim, os IDs poderão ser usados para diferenciar pessoas reais e bots de IA, fugindo de golpes e fraudes. 

publicidade

O objetivo é simples: uma rede financeira e de identidade global baseada na prova de personalidade. Isso parece especialmente importante na era da IA. Espero que o worldcoin possa contribuir para conversas sobre como compartilhamos acesso, benefícios e governança de futuros sistemas de IA. 

Sam Altman em anúncio oficial no Twitter. 

À Reuters, Altman acrescentou que a Worldcoin também irá ajudar a abordar como a economia será remodelada pela IA generativa. “As pessoas serão sobrecarregadas pela IA, o que terá enormes implicações econômicas.” 

Como a IA “fará cada vez mais o trabalho que as pessoas fazem agora”, a UBI (renda básica universal) auxiliará no combate a desigualdade de renda, disse o CEO.

Precisamos começar a experimentar as coisas para descobrir o que fazer. 

Imagem: shutterstock/Rokas Tenys

A polêmica por trás da criptomoeda de Altman está, claro, na privacidade. O projeto garante que não irá armazenar os dados de íris das pessoas, mas ainda não está muito claro como o sistema e seu banco de dados funciona. 

O projeto já tem também um token WLD — várias exchanges já listaram o token ou declararam intenção de fazê-lo, incluindo a Binance, a maior exchange cripto do mundo em volume de negociação. 

Com informações da Reuters, Forbes e InfoMoney 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!