Mais mulheres do que homens podem perder seus empregos até 2030 por causa da inteligência artificial e da automação, revela o novo relatório da McKinsey Global Institute. E, como você verá nessa reportagem, isso tem tudo a ver com a desigualdade de gênero no mercado de trabalho.

Segundo o estudo, publicado nesta quarta-feira (26), cerca de 30% das horas trabalhadas nos Estados Unidos podem ser automatizadas até o final da década.

Leia mais:

O que você precisa saber

  • As mulheres terão uma vez e meia mais chances de precisar mudar de ocupação do que homens;
  • Os setores que mais encolherão por causa da automação são serviços de alimentação, atendimento ao cliente, vendas e suporte de escritório. As mulheres são maioria nesses setores — e têm empregos com salários mais baixos do que os homens. Então, elas devem ser mais afetadas, segundo o relatório;
  • A pesquisa projeta que trabalhadores de salários mais baixos têm até 14 vezes mais chances de precisar mudar de ocupação/cargo do que os profissionais com salários mais altos;
  • Trabalhadores que ganham menos de US$32.200 anualmente (cerca de R$152.000, na cotação atual) podem representar quase 80% de todas as possíveis transições de carreira no período.
  • A tecnologia irá aprimorar o trabalho de profissionais STEM (ciências, tecnologia, engenharia e matemática), criativos, de negócios e jurídicos;
  • Ao menos 12 milhões de trabalhadores precisarão mudar de emprego conforme algumas indústrias diminuem;

Outros dados importantes estimam que funcionários negros ou hispânicos, trabalhadores sem formação superior e pessoas mais velhas ou mais jovens terão maior probabilidade de ter que buscar por novos empregos até 2030.

publicidade

O relatório diz que o mercado de trabalho será abalado pelos investimentos do governo norte-americano em tecnologia verde, crescente demanda por profissionais de saúde e as mudanças estruturais que vieram com a pandemia. Com isso, novos empregos surgirão nas indústrias ao mesmo tempo que algumas funções se tornarão obsoletas.

Apesar de a IA e automação tornarem alguns empregos obsoletos, a pesquisa diz que a tecnologia pode otimizar tarefas mecânicas ou técnicas e, ao mesmo tempo, aumentar o tempo gasto com trabalhos criativos ou estratégicos.

Profissionais de direito e engenharia civil devem ser os mais beneficiados com a automatização, enquanto, aqueles trabalham com áreas manuais, como saúde e agricultura.

Com informações de Washington Post.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!