No dia 21 de julho a sonda Voyager 2 da NASA perdeu contato com a Terra. O ocorrido está fazendo com que a sonda não receba comandos e nem envie dados de volta para o planeta. Felizmente, o problema é temporário e a comunicação deve ser retomada em breve.

A perda de conexão aconteceu depois da antena da Voyager 2 sofrer um desvio acidental, que apesar de ser de apenas 2 graus, foi o suficiente para causar interrupção na transmissão de dados entre a sonda e a Terra.

Os dados enviados pela Voyager 2 são recebidos pela antenas da rede Deep Space Network (DSN), também da NASA, localizadas nos Estados Unidos, na Espanha e na Austrália. Além dessa missão, os radiotelescópios do sistema também oferecem suporte a outras missões distantes no nosso Sistema Solar.

Leia mais:

publicidade

A comunicação será restabelecida em breve

Apesar da perda de comunicação, a sonda continuará seguindo o seu caminho no espaço interestelar e deve restabelecer sua comunicação conosco ainda esse ano. A Voyager 2 está programada para realizar vários ajustes ao longo do ano, de forma a manter sua antena sempre apontada para a Terra. O próximo ajuste deve acontecer em outubro, e os pesquisadores acreditam que será suficiente para resolver o problema.

Atualmente, a Voyager 2, lançada em agosto de 1977, está a cerca de 20 bilhões de quilômetros de distância da Terra e essa não é a primeira vez que perdemos a comunicação com a sonda.

Em 2020, a NASA ficou sete meses sem receber dados da sonda devido a um problema no radiotelescópio do DSN localizado em Canberra, na Austrália. Os transmissores de rádio da antena não recebiam reparos desde quando foram construídos, há cerca de 50 anos atrás.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!