Após a conclusão do programa de incentivo do governo federal proposto à indústria automotiva, ocorrido no início do mês passado, os preços dos veículos novos subiu.

Porém, o reflexo do incentivo acabou sendo sentido em julho, como os especialistas previram.

Leia mais:

Venda de veículos zero explodiu em julho

  • Números da Fenabrave mostram que, no mês passado, foram 20% a mais de vendas em relação a junho: 215.711 veículos ante 179.685 do mês anterior;
  • Quando comparamos os emplacamentos de julho de 2023 com os de julho de 2022, houve aumento de 27,6% (no sétimo mês de 2022, foram 169.076 emplacamentos);
  • O valor contabiliza automóveis e comerciais leves;
  • O mais vendido foi o Volkswagen Polo: mais de 16 mil.

Se avaliarmos apenas o acumulado de automóveis e comerciais leves, veremos que este foi o melhor volume desde 2019, portanto, antes da pandemia [de Covid-19], o que mostra a eficiência da medida adotada pelo governo.

Andreta Jr., presidente da Fenabrave

O presidente da entidade explicou, ainda, por que o impacto do incentivo governamental foi sentido apenas no mês seguinte à sua implantação:

publicidade

Há intervalo de cerca de 15 dias entre o fechamento do negócio na concessionária e o emplacamento do veículo. Como boa parte das negociações estimuladas pelo desconto tributário ocorreu nos últimos dias de junho e em julho, o resultado deste último mês captou bem os efeitos das Medidas Provisórias.

Andreta Jr., presidente da Fenabrave

As duas MPs destinadas ao incentivo à venda de veículos novos (1.175, de 6 de junho, e 1.178, de 30 de junho) destinaram para a categoria de automóveis e comerciais leves R$ 700 milhões.

De forma efetiva para autos e leves, a iniciativa, aliada aos descontos adicionais, oferecidos pelas montadoras e suas redes de concessionárias, além das taxas especiais dos bancos das fabricantes, aqueceu o mercado automotivo, que enfrenta ano desafiador, em função da perda do poder de compra da população e da alta seletividade de crédito por parte das instituições financeiras.

Andreta Jr., presidente da Fenabrave

Com informações de Auto Esporte

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!