Nesta segunda-feira (7), a agência espacial da Rússia, Roscosmos, anunciou que planeja lançar um módulo de pouso lunar no fim desta semana. A missão, adiada algumas vezes desde 2021, representa o primeiro voo russo à Lua desde 1976.

Previsto para a noite de quinta-feira (10), às 20h10 (pelo horário de Brasília – já 2h10 da madrugada de sexta, pelo horário de Moscou), o lançamento do módulo de pouso Luna-25 será impulsionado por um foguete Soyuz-2.1b, que já está montado em uma plataforma de decolagem do cosmódromo de Vostochny, no Extremo Oriente russo.

Rússia pretende voltar à Lua esta semana com o módulo de pouso Luna 25. Imagem: Wikipedia

“O Luna-25 terá que praticar pouso suave, coletar e analisar amostras de solo e conduzir pesquisas científicas de longo prazo”, disse a Roscosmos em um comunicado.

Pesando cerca de 800 kg, o módulo de pouso sobre quatro pernas deve pousar na região do polo sul lunar, diferentemente da maioria dos pousos na Lua, que ocorrem perto do equador.

publicidade

Leia mais:

Primeira missão do novo programa russo de exploração da Lua

Esta será a primeira missão lançada pelo novo programa lunar de Moscou e ocorre no momento em que a Rússia busca fortalecer a cooperação no espaço com a China em meio ao rompimento de laços com o Ocidente, provocado pelas ofensivas do país à Ucrânia, em fevereiro de 2022.

Depois que o presidente Vladimir Putin ordenou a invasão, a Agência Espacial Europeia (ESA) disse que não cooperaria com a Rússia no lançamento da missão Luna-25, nem das futuras missões 26 e 27.

Apesar disso, o governo russo, na época, afirmou que seguiria em frente com seus planos lunares e que substituiria equipamentos da ESA por instrumentos científicos de fabricação própria.

Em relação a isso, Putin chegou a declarar que a antiga União Soviética levou o primeiro homem ao espaço em 1961 mesmo em face a sanções totais. “Somos guiados pela ambição de nossos ancestrais de seguir em frente, apesar de quaisquer dificuldades e quaisquer tentativas externas de nos impedir este movimento”, disse o mandatário russo.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!