A Dolby, renomada empresa no campo de tecnologias de áudio, está trazendo uma novidade que promete revolucionar a qualidade dos alto-falantes embutidos em televisores. Nesta segunda-feira, 28 de agosto, a empresa anunciou o Dolby Atmos FlexConnect, um recurso inovador que promete “combinar perfeitamente o sistema de som da TV com caixas de som sem fio auxiliares para oferecer uma experiência de som Dolby Atmos mais ampla e imersiva”. Com esse novo recurso, não é necessariamente exigido o uso de uma soundbar como centro de tudo.

Leia mais:

A TCL será a primeira fabricante de TVs a oferecer o FlexConnect em sua linha de TVs de 2024, e também planeja lançar uma linha de caixas de som sem fio otimizadas para suportar esse recurso inovador.

dolby
Imagem: TLC/Divulgação
  • O Dolby Atmos FlexConnect foi projetado para se adaptar a qualquer layout de sala e configuração de alto-falantes, proporcionando a liberdade de posicionar uma ou mais caixas de som sem fio em qualquer lugar do ambiente, sem a preocupação de posicioná-las perfeitamente.
  • A configuração é simples e rápida, já que a Dolby utilizará os microfones embutidos na TV para localizar e calibrar cada caixa de som sem fio na sala.
  • De acordo com a empresa, o áudio é espalhado de forma inteligente dos alto-falantes da TV para cada caixa de som sem fio, otimizando dinamicamente o sinal de som com base nas capacidades e na localização de todas as caixas de som disponíveis.
  • Portanto, se os alto-falantes da sua TV não são tão capazes quando se trata de graves — como a maioria deles — o Dolby Atmos FlexConnect saberá direcionar essas frequências para as caixas de som sem fio, evitando sobrecarregar os alto-falantes integrados.
  • A Dolby planeja demonstrar esse novo recurso durante a IFA desta semana, em Berlim.

Qual a utilidade do FlexConnect?

O objetivo principal do FlexConnect é permitir que as pessoas aproveitem ao máximo as dimensões da sala, as localizações das tomadas de energia e os arranjos de móveis desejados, sem comprometer a qualidade do áudio. No entanto, surgem algumas questões sobre como isso funcionará na prática.

publicidade

Poderá haver problemas de latência ou interrupções no áudio? Isso não desencorajará algumas pessoas a investir em uma soundbar Atmos para colocar na frente da TV?

Até agora, não existe uma TV que produza efeitos de altura convincentes com seus próprios alto-falantes, e é nesse ponto que a ausência de uma soundbar seria notada. Mas provavelmente será possível posicionar algumas dessas caixas de som sem fio na parte frontal da sala, possibilitando diversas configurações.

Empresas como Samsung, LG e Sony já tentaram combinar e sincronizar o áudio de suas soundbars e TVs para proporcionar uma experiência auditiva mais completa. A Samsung chama esse recurso de Q-Symphony, e o sistema Atmos 7.1 HT-A9 da Sony oferece aos clientes mais flexibilidade com a posição dos alto-falantes. Parece que a Dolby está tentando abordar ambos os pontos com o Dolby Atmos FlexConnect.

No entanto, é importante notar que esse é um recurso que exigirá uma TV completamente nova (e é claro, algumas novas caixas de som sem fio), o que limitará imediatamente o apelo da mais recente inovação da Dolby para quem adquiriu uma TV 4K HDR nos últimos anos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!