O mês de outubro chegou e com ele o maior evento astronômico do ano: o eclipse solar que vai ser visível em todo o Brasil, de formas diferentes dependendo de onde você estiver. Além disso, um eclipse lunar também vai ser visível neste mês. Se quiser ver mais do que te aguarda esse ano, preparamos ainda esses guias de fases da lua.

Veja abaixo nosso calendário astronômico de outubro com os eventos mais importantes. Lembramos que todas as datas, horários e referências geográficas consideram um observador baseado em Brasília, e podem ser ligeiramente diferentes de acordo com sua posição no país.

eia mais:

Calendário astronômico de outubro

6 de outubro: Lua Minguante às 10h47

publicidade

12 de outubro: A missão Psyche da NASA será lançada neste dia. A missão tem como objetivo estudar um asteroide chamado 16 Psyche. O asteroide é um corpo rochoso localizado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter. O que torna este asteroide particularmente interessante é a crença de que ele seja composto principalmente de metais, como ferro e níquel. Além disso, existem suspeitas de que ele seja o núcleo rochoso de um planeta.

nasa asteroide
Imagem: 24K-Production / Shutterstock.com

14 de outubro: Lua Cheia às 14h55

14 de outubro: Eclipse solar “Anel de fogo”

O Eclipse Solar de 14 de outubro será visível em todo o país. Em grande parte dele será um eclipse parcial, mas de uma estreita faixa que passa pelo Norte e Nordeste brasileiro, será um espetacular Eclipse Anular do Sol. 

Ele será o maior eclipse solar do ano, e sua região de abrangência na faixa de totalidade recairá sobre os oceanos Pacífico e Atlântico. Em consequência, uma vasta região das Américas terá visibilidade das fases de anularidade total e parcial – que é o caso aqui no Brasil.

Natal (RN) e João Pessoa (PB) são as duas capitais brasileiras que contemplarão o eclipse em sua maior magnitude – 0,953 e 0,949, respectivamente.

Em ambos os locais, o evento começa por volta das 15h30 até quase 16h50, com duração da anularidade máxima em torno de 3,5 min.

O eclipse será parcial nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Em São Paulo a magnitude máxima será de 0,488, às 16h49 min.

Eclipse anular do Sol cria um "anel de fogo" no céu
Eclipse anular do Sol cria um “anel de fogo” no céu (Imagem: Hyserb / Shutterstock)

20 de outubro: Chuva de meteoros Orionidas atinge o pico. A chuva fica ativa entre 26 de setembro e 22 de novembro.  

22 de outubro: Lua Nova às 00h28

28 de outubro: Lua Crescente às 17h24

28 de outubro: Eclipse lunar parcial

O quarto e último eclipse de 2023 será lunar parcial. As regiões de possível visibilidade abrangem o leste da América do Norte, uma pequena porção do nordeste da América do Sul, Europa, África, Ásia e partes da Austrália. 

De acordo com o guia astronômico InTheSky.org, a ocorrência do eclipse se dará aproximadamente entre 16h30 e 17h50.

Eclipse lunar penumbral (Crédito: Ajay Kumar Singh – Shutterstock)

Sem data: A Starship pode voltar a voar novamente em outubro, mas ainda não tem uma data certa para isso acontecer. O voo inaugural da Starship aconteceu em 20 de abril de 2023. O veículo com cerca de 50 metros de altura iria dar uma volta na Terra e cair no Oceano Pacifico, próximo ao Havaí. No entanto, logo após a decolagem a espaçonave passou por uma série de problemas e explodiu propositalmente acima do Golfo do México.

Agora, a SpaceX alega que os problemas já foram todos corrigidos e a nave está pronta para voar novamente. Faltam, entretanto, algumas etapas regulatórias para que isso aconteça.

Explosão de um foguete Starship. Algo parecido aconteceu em abril durante o lançamento do que seria o primeiro teste de voo orbital do foguete, e o episódio pode atrasar os planos de NASA de pousar astronautas na Lua novamente. Crédito: SpaceX

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!