Uma das imagens usadas na divulgação da segunda temporada da série Loki, da Marvel, pode ter sido gerada a partir de inteligência artificial. A suposição criou uma verdadeira polêmica na internet, além de aumentar os temores de que a IA possa substituir artistas humanos contratados para desenvolver posters promocionais e outros produtos.

Leia mais

Entenda a polêmica

  • A polêmica surgiu quando a ilustradora Katria Raden afirmou, em postagem no X (antigo Twitter), que a imagem utilizada na série do Disney Plus “está dando todos os sinais reveladores de IA, como coisas se transformando aleatoriamente em rabiscos sem sentido”.
  • Vários usuários da rede social alegaram que o fundo da arte de Loki parece ter sido retirado de uma imagem idêntica na Shutterstock intitulada “Surreal Infinity Time Spiral Space Antique”. 
  • Essa imagem teria sido publicada neste ano, descartando a possibilidade de ser muito antiga para ser gerada por IA, e não contém metadados incorporados para confirmar como ela foi criada.
  • Vários verificadores de imagens de IA também a classificaram como gerada por inteligência artificial.
  • As informações são do The Verge.
Pôster promocional da segunda temporada de Loki (Imagem: Disney/Marvel)

Uso da IA

A Disney já recebeu críticas sobre o uso de IA generativa em outra série da Marvel, Invasão Secreta, apesar do estúdio insistir que o uso de ferramentas de inteligência artificial não reduziu os papéis de designers humanos no projeto.

De acordo com as regras de contribuição da Shutterstock, o conteúdo gerado por IA não pode ser licenciado na plataforma, a menos que seja criado usando a própria ferramenta geradora de imagens de IA da Shutterstock. Dessa forma, o site de imagens amplamente utilizado pode provar a propriedade IP de todo o conteúdo enviado.

publicidade

A Shutterstock diz que suas imagens de estoque geradas por IA – que são claramente rotuladas como tal na plataforma – são seguras para uso comercial, pois são treinadas em sua própria biblioteca de estoque.

O uso de imagens geradas por IA pelas empresas já é considerado um problema para diversos profissionais criativos. Eles alegam que a ferramenta pode roubar seus empregos, deixando milhares de profissionais sem renda.

Nem o provedor de banco de imagens, nem a Disney se pronunciaram oficialmente sobre a questão.