Pesquisadores chineses fizeram importante descoberta na área da mineração ao encontrar novo mineral chamado niobobaotita. Esse mineral, contendo bário, nióbio, titânio, ferro e cloro, possui propriedades revolucionárias para o uso em baterias.

O nióbio, presente na niobobaotita, é um metal com diversas aplicações, como em ligas para a fabricação de peças de motores a jato e foguetes. Além disso, é considerado essencial em semicondutores e é amplamente utilizado em áreas de diagnóstico médico, como aparelhos de ressonância magnética.

Leia mais:

Os pesquisadores responsáveis pelo achado indicaram que a descoberta é muito significativa para a China, já que o país atualmente importa 95% de suas necessidades de nióbio. Com esse novo mineral, a China poderá se tornar autossuficiente nesse recurso essencial para a indústria siderúrgica, segundo eles.

publicidade

Importância para a indústria siderúrgica

  • A niobobaotita foi encontrada dentro do minério de ferro de terras raras de nióbio, no distrito de mineração de Bayan Obo, na Mongólia Interior (China);
  • Conforme o South China Morning Post, a equipe responsável pelo achado já havia liderado a descoberta de outros 11 minerais anteriormente, mostrando o avanço contínuo na pesquisa mineral.

Além disso, o time chinês comunicou que o novo minério já está classificado pela Comission of New Minerals, Nomenclature and Classification (CNMNC, ou Comissão de Classificação e Nomenclatura de Novos Minerais).

Potencial para avanços tecnológicos

Essas descobertas têm o potencial de promover avanços significativos nas áreas de indústria, tecnologia e pesquisa mineral, não apenas na China, mas também ao nível global. O aumento da produção de nióbio e a possibilidade de novos materiais provenientes desses minerais podem impactar positivamente diversos setores, incluindo o desenvolvimento de baterias mais eficientes e sustentáveis.